Covid-19: Brasil registra 72,7 mil casos e 2,3 mil mortes em 24 horas

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 72.715 novos casos de covid-19 e 2.311 mortes em função da doença. Os novos números estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta terça-feira (11).

Com isso, o total de pessoas que não resistiram à covid-19 subiu para 425.540. Ontem, o sistema de informações sobre a pandemia, do Ministério da Saúde, trazia 423.229 vidas perdidas.

Ainda há 3.748 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito.

Com a atualização de hoje, o número de casos acumulados subiu para 15.282.705. Ontem, o painel do Ministério da Saúde registrava 15.209.990 pessoas infectadas desde o 1º caso, em 26 de fevereiro do ano passado.

Ainda há no país 1.009.974 casos em acompanhamento. O termo é empregado para as pessoas infectadas e com casos ativos de contaminação pelo novo coronavírus.

O Brasil tem 13.847.191 pessoas que se recuperaram da covid-19 desde o início da pandemia. Isso equivale a 90,6% do total de pessoas que foram infectadas com o vírus.

Os números são, em geral, mais baixos aos domingos e segundas-feiras em razão da menor quantidade de funcionários das equipes de saúde para realizar a alimentação dos dados. Já às terças-feiras os resultados tendem a ser maiores pelo envio dos dados acumulados.

Estados
O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (100.660). Em seguida vêm Rio de Janeiro (46.770), Minas Gerais (36.122), Rio Grande do Sul (26.176) e Paraná (23.993). Já na parte de baixo da lista, com menos vidas perdidas para a pandemia, estão Roraima (1.549), Amapá (1.595), Acre (1.599), Tocantins (2.666) e Alagoas (4.413).

Vacinação
Até o momento, foram distribuídas a estados e municípios 76,9 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Deste total, foram aplicadas 47,7 milhões de doses, sendo 32,3 milhões da 1ª dose e 15,3 milhões da 2ª dose.

Boletim/situação epidemiológica da covid 19 no Brasil/11.05.2021
Agência Brasil

Governo avalia aumentar média do Bolsa Família para R$ 250 após Auxílio Emergencial

NoneO programa Bolsa Família poderá ter valor aumentado de acordo com anúncio do presidente Jair Bolsonaro durante encontro na semana passada com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada. A previsão é que o valor seja aumentado da média de R$ 190 para R$ 250 depois do Auxílio Emergencial, a partir de agosto ou setembro. Bolsonaro ainda não disse de onde vão sair os recursos extras para bancar o aumento.

Durante o encontro em que falou sobre o Bolsa Família, o presidente também criticou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ação dos partidos de esquerda na América Latina. “Não estou preocupado com política, mas votar em um cara com um passado desses não tem cabimento”, disse Bolsonaro.

Ele argumentou que apenas com o Auxílio Emergencial pago no ano passado, o governo gastou o equivalente a mais do que 10 anos de Bolsa Família. “Então para o PT que fala tanto em Bolsa Família, hoje a média está em R$ 192. O auxílio emergencial está em R$ 250. É pouco, sei que é pouco, mas é muito maior que a média do Bolsa Família. Nossa previsão é passar para R$ 250 em agosto ou setembro”, afirmou o atual presidente.

Pesquisas recentes de opinião mostram que Lula está empatado ou a frente de Bolsonaro para uma possível concorrência para presidente da República em 2022.

Como consultar valor do Bolsa Família?

A família pode consultar os valores liberados no programa Bolsa Família por meio do site da Caixa Econômica Federal. É necessário informar número de CPF e o Número de Identificação Social (NIS). Acompanhe abaixo o passo a passo:

  • Acesse o site da Caixa;
  • Selecione a opção “Consultar famílias beneficiárias” no botão ao lado direito da tela;
  • Uma nova tela será aberta, preencha o CPF e o NIS  do responsável legal;
  • Clique em “Consultar”;
  • O nome completo do responsável pela família vai aparecer na tela, selecione esse nome;
  • Tudo certo! Na página seguinte serão mostrados os valores liberados e os que já foram sacados do benefício.

Brasil registra 1.607 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas

Agência Brasil

Agência Brasil

O Brasil registrou 1.607 novas mortes pela covid-19 nesta segunda-feira, 19. A média semanal de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 2.860 e apresentou uma leve queda em relação ao dia anterior, quando ficou em 2878.

Com transmissão descontrolada do vírus, o País tem visto o colapso de várias redes hospitalares, com morte de pacientes na fila por leito e falta de remédios para intubação. Governadores e prefeitos têm recorrido a restrições ao comércio e até ao lockdown para frear o vírus. Já o presidente Jair Bolsonaro continua como forte crítico das medidas de isolamento social, recomendadas por especialistas, e afirma temer efeitos negativos na economia.

Nesta segunda-feira, o número de novas infecções notificadas foi de 35.885. No total, o Brasil tem 375.049 mortos e 13.977.713 casos da doença, a segunda nação com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos. Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 12.391.599 pessoas estão recuperadas.

O Estado de São Paulo registrou nesta segunda-feira 178 mortes por coronavírus. Outros quatro Estados também superaram a barreira de 100 óbitos no dia: Goiás (128), Pará (119), Rio de Janeiro (108) e Espírito Santo (103).

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Nesta segunda-feira, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 42.980 novos casos e mais 1.657 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 13.943.071 pessoas infectadas e 373.335 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados. Midiamax

 

Adolescentes de 12 e 17 anos são apontados como responsáveis por incêndio em escola

Corpo de Bombeiros no local e dia do incêndio (Nova Notícias)

Adolescentes de 12 e 17 anos são apontados como responsáveis por incêndio em escola

Dois adolescentes, de 12 e 17 anos foram identificados por atearem fogo na escola Escola Estadual Jan Antonin Bata localizada no centro da cidade de Batayporã, cidade a 308 quilômetros de Campo Grande, no último dia 04 deste mês.

Do local, os dois também furtaram um computador que foi recuperado. Segundo a Polícia Civil, laudos da Perícia Criminal de Nova Andradina e testemunhas ouvidas, apontaram para a autoria dos dois.

A Polícia Civil então representou pela internação provisória de um dos adolescentes, que contou com manifestação favorável do Ministério Público e foi acolhido pelo Poder Judiciário.

No dia do ocorrido, os dois entraram na escola, subtraíram computadores, praticaram atos de vandalismo e ainda atearam fogo no refeitório da repartição,publicou o site Nova Notícias. O adolescente apreendido será encaminhado para uma Unei (Unidade Educacional de Internação). A polícia também apura o furto de demais pertences da escola e inclusive um receptor. Midiamax

 

Cliente esgana e estupra garota de programa em MT; vítima foge nua e pede socorro

Garota de programa sofre estupro durante programa e pede socorro em motel.

Vítima relatou ainda que o acusado forçou sexo sem camisinha na noite dessa quarta-feira (14), em Sinop.

Uma garota de programa, 20 anos, foi esganada, sofreu estupro, ameaças de morte e saiu correndo nua pela rua para fugir do ‘cliente’ durante ato sexual na noite dessa quarta-feira (14), quando foi socorrida por funcionários de um motel do bairro Setor Industrial, em Sinop (500 km da Capital).

De acordo com a vítima, o homem entrou em contato por meio de um aplicativo de relacionamento e contratou o programa.

Por volta das 23h, ele passou para buscar a profissional e os dois seguiram para casa dele.

No local, o cliente disse que teriam que ir para outro lugar por que familiares poderiam chegar, então, o acusado levou a mulher para uma madeireira.

Ainda segundo a vítima, os dois deram início ao ato sexual, porém, o homem começou a ficar agressivo, a esganando, puxando cabelo e fazendo ameaças proibindo que a vítima olhasse para o rosto dele.

Em seguida, a garota percebeu o cliente tirando a camisinha, momento em que decidiu parar e o acusado tentou forçar o ato de forma ainda mais violenta.

A vítima esperou o acusado se acalmar e se distrair para empurrá-lo e fugir do local, quando correu nua até um motel nas proximidades e pediu ajuda.

O agressor chegou a correr atrás da garota de programa, no entanto, acabou caindo na rua e a vítima conseguiu se salvar.

À Polícia Militar (PM), a mulher relatou todos os fatos e foi encaminhada para receber cuidados médicos no Hospital Regional.

A polícia ainda fez rondas pela região, foi à empresa onde o ‘crime’ aconteceu, mas não conseguiu encontrar o acusado.

A ocorrência foi registrada e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de município, responsável por investigar o caso. ReporterMT

Covid: Site estima a data em que você receberá a vacina; saiba como consultar

Um grupo de voluntários criou uma plataforma na qual é possível estimar quando uma pessoa será vacinada contra a Covid-19

O site chamado “Quando vou ser vacinado?”, utiliza informações oficiais coletadas diariamente sobre a pandemia para fornecer estimativas sobre a imunização.

Para realizar o cálculo é necessário informar a idade e o Estado onde a pessoa reside. Caso a pessoa pertença a algum grupo prioritário também é necessário marcar a opção.

Os responsáveis pelo site ressaltam que as estimativas podem mudar diariamente e estão suscetíveis a mudanças de regras e leis da federação, estados e cidades. A estimativa também pode sofrer alterações caso haja atrasos na entrega e distribuição de vacinas pelo país. Para acessar o site, clique aqui.

 

BSB TIMES

Juiz decreta prisão preventiva de homem que tentou matar a esposa com 15 facadas em Costa Rica

Juiz decreta prisão preventiva de homem que tentou matar a esposa com 15 facadas em Costa Rica

Audiência ocorreu nesta quinta. (MS Todo Dia)

O homem, 33 anos, que tentou matar a esposa, 35 anos, com 15 facadas na frente da filha do casal, na última terça-feira (6), teve sua prisão preventiva decretada pelo Juiz da 1 Vara Cível e Criminal de Costa Rica, Francisco Soliman, após audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (8).

De acordo com Soliman a prisão preventiva foi decretada “no sentido de garantir a ordem pública e, considerando a gravidade do crime em completo, o risco concreto de reiteração criminosa”.

O autor já havia sido acusado por crimes de violência domestica outras duas vezes, a primeira em 2016 contra outra vítima onde foi registrado o crime de vias de fato.

A segunda em 2020, ele cometeu o crime de lesão corporal contra a mesma vítima das facadas. Na época, a companheir chegou a entrar com pedido de medidas protetivas contra o autor, mas reatou a relação algumas semanas depois.

“Também constou na decisão de que está evidenciado uma progressão da violência que ele pratica em doméstico, começou em 2016 com a vias de fato, progrediu para lesão corporal em 2020 e agora a tentativa de homicídio”, disse o juiz.

Crime

Como já noticiado pelo MS Todo Dia, na noite desta terça-feira (6), a Polícia Militar de Costa Rica prendeu o autor por tentativa de feminicídio. Ele esfaqueou a própria mulher na frente de uma criança do casal.

A polícia foi acionada por meio do 190. De acordo com os policiais, quando chegaram no local a mulher estava estirada no chão com perfurações no tórax, abdômen e pescoço. Ela foi atendida e socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e internada na Fundação Hospitalar de Costa Rica.

Durante o acontecimento, uma criança, provida do relacionamento, estava na casa. Esta foi encaminhada para a Casa Lar, por meio do Conselho Tutelar.

Assim, o homem foi encaminhado para a Delegacia de Costa Rica e preso pelo crime de feminicídio. O crime aconteceu por volta das 21h30 da última terça-feira (6), no bairro Vila Santana no município.

FONTE: MS TODO DIA

Auxílio emergencial: trabalhadores nascidos em fevereiro recebem na sexta-feira

Trabalhadores nascidos em fevereiro recebem auxílio emergencial na sextaO próximo pagamento do auxílio emergencial será na sexta-feira (09) a trabalhadores que fazem aniversário em fevereiro. Recebem aqueles que fazem parte do CadÚnico e os que se inscreveram via aplicativo. Para inscritos no Bolsa Família, o governo federal montou outro calendário.

Este primeiro cronograma é para os trabalhadores que se cadastraram via aplicativo e aos que fazem parte do CadÚnico e atendem aos critérios de seleção do programa. Confira todos os pagamentos de janeiro do auxílio emergencial para este grupo:

Veja o calendário do auxílio emergencial 2021:

Auxílio emergencial: Caixa divulga calendário com pagamentos de abril; confira

Já para os integrantes do Bolsa Família, o governo disponibilizou outro calendário. Para este grupo, os pagamentos começam apenas no dia 16 de abril, para o NIS final 1. Até final do mês todos receberão a ajuda federal. O pagamento será como no ano anterior: o beneficiário do Bolsa Família irá receber o que for de maior valor.

Veja o calendário do auxílio emergencial do Bolsa Família:

Auxílio emergencial: Caixa divulga calendário com pagamentos de abril; confira

Qual valor do auxílio emergencial 2021?

Os valores podem ser de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da composição familiar.

Então, vamos destacar quais os critérios para o governo definir o valor que será liberado para cada beneficiário:

  • Se você mora sozinho, terá direito a quatro parcelas de R$ 150,00;
  • A família que tiver duas ou mais pessoas receberá quatro parcelas de R$ 250;
  • As mulheres que são chefes de família, que não têm companheiro, e tem filho pequeno, receberão quatro parcelas de R$ 375.

Vale ressaltar que, nesta rodada, só receberá o benefício uma pessoa por família. Além disso, o governo federal não abriu cadastro para novos beneficiários, ou seja, só foram contemplados que já estava no sistema do governo, CadÚnico ou Bolsa Família.

No caso dos integrantes do Bolsa Família, o pagamento será da mesma forma como ocorreu no ano passado. Receberão o benefício que tiver valor maior.

Como sei se vou receber?

A consulta pode ser feita no site da Dataprev, empresa estatal responsável por processar os pedidos – clique aqui para acessar. O beneficiário deverá informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Também é possível consultar pelos canais da Caixa: pelo auxilio.caixa.gov.br ou pelo telefone 111.

Como vou receber?

Assim como no ano passado, dinheiro do benefício será liberado, primeiramente, na conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada pelo Caixa TEM. Após isso, os saques são liberados.

Veja abaixo o calendário de saques do auxílio emergencial:

Nascidos em: Janeiro
1º parcela 06/abr
Saque 04/mai
2º parcela 16/mai
Saque 08/jun
3º parcela 20/jun
Saque 13/jul
4º parcela 23/jul
Saque 13/ago
Nascidos em: Fevereiro
1º parcela 09/abr
Saque 06/mai
2º parcela 19/mai
Saque 10/jun
3º parcela 23/jun
Saque 15/jul
4º parcela 25/jul
Saque 17/ago
Nascidos em: Março
1º parcela 11/abr
Saque 10/mai
2º parcela 23/mai
Saque 15/jun
3º parcela 25/jun
Saque 16/jul
4º parcela 28/jul
Saque 19/ago
Nascidos em: Abril
1º parcela 13/abr
Saque 12/mai
2º parcela 26/mai
Saque 17/jun
3º parcela 27/jun
Saque 20/jul
4º parcela 01/ago
Saque 23/ago
Nascidos em: Maio
1º parcela 15/abr
Saque 14/mai
2º parcela 28/mai
Saque 18/jun
3º parcela 30/jun
Saque 22/jul
4º parcela 03/ago
Saque 25/ago
Nascidos em: Junho
1º parcela 18/abr
Saque 18/mai
2º parcela 30/mai
Saque 22/jun
3º parcela 04/jul
Saque 27/jul
4º parcela 05/ago
Saque 27/ago
Nascidos em: Julho
1º parcela 20/abr
Saque 20/mai
2º parcela 02/jun
Saque 24/jun
3º parcela 06/jul
Saque 29/jul
4º parcela 08/ago
Saque 30/ago
Nascidos em: Agosto
1º parcela 22/abr
Saque 21/mai
2º parcela 06/jun
Saque 29/jun
3º parcela 09/jul
Saque 30/jul
4º parcela 11/ago
Saque 01/set
Nascidos em: Setembro
1º parcela 25/abr
Saque 25/mai
2º parcela 09/jun
Saque 01/jul
3º parcela 11/jul
Saque 04/ago
4º parcela 15/ago
Saque 03/set
Nascidos em: Outubro
1º parcela 27/abr
Saque 27/mai
2º parcela 11/jun
Saque 02/jul
3º parcela 14/jul
Saque 06/ago
4º parcela 18/ago
Saque 06/set
Nascidos em: Novembro
1º parcela 29/abr
Saque 01/jun
2º parcela 13/jun
Saque 05/jul
3º parcela 18/jul
Saque 10/ago
4º parcela 20/ago
Saque 08/set
Nascidos em: Dezembro
1º parcela 30/abr
Saque 04/jun
2º parcela 16/jun
Saque 08/jul
3º parcela 21/jul
Saque 12/ago
4º parcela 22/ago
Saque 10/set

Eficácia da vacina da Pfizer continua alta 6 meses após 2 doses, indica análise

None

Reprodução

As empresas Pfizer e BioNTech relataram nesta quinta-feira, 1º, que sua vacina contra covid-19 permanece altamente eficaz por pelo menos seis meses após a segunda dose ser administrada. As farmacêuticas disseram que a imunização também funciona contra a variante sul-africana do coronavírus Sars-CoV-2.

As descobertas vêm do acompanhamento dos mais de 46 mil voluntários que participaram da fase 3 dos testes clínicos da vacina. Entre eles, foram registrados 927 casos de covid-19 até o dia 13 de março, o que indica uma eficácia de 91,3%, calculada para o período entre sete dias e até seis meses após a segunda dose: 850 eram do grupo que recebeu placebo e 77 receberam a vacina.
De acordo com a nova análise, a vacina foi 95,3% eficaz em proteger contra a ocorrência de doença severa, conforme a definição de gravidade da agência de regulação de drogas dos Estados Unidos, a FDA. Do grupo avaliado, mais de 12 mil participantes vêm sendo acompanhados por pelo menos seis meses após a segunda dose, reforçando o perfil de segurança do imunizante.
“É um passo importante para confirmar a alta eficácia e os bons dados de segurança até agora, especialmente no acompanhamento de longo prazo”, disse o presidente-executivo da BioNTech da Alemanha, Ugur Sahin, na nota.
O estudo também mostrou que a vacina parece funcionar de maneira semelhante contra a variante do vírus detectada na África do Sul, onde essa cepa é majoritária e onde apresentou 100% de eficácia, embora em um grupo menor, com apenas 800 participantes
“A alta eficácia da vacina observada por até seis meses após uma segunda dose e contra a variante prevalente na África do Sul oferece mais confiança na eficácia geral de nossa vacina”, disse o CEO da Pfizer, Albert Bourla.
A vacina foi a primeira licenciada no Ocidente e é uma parte fundamental das campanhas de imunização que acontecem em grande parte do mundo. Midiamax

Programa social que vai contemplar até 100 mil famílias carentes é aprovado na Assembleia

Programa social que vai contemplar até 100 mil famílias carentes é aprovado na Assembleia

O projeto que cria o programa de segurança alimentar “Mais Social” foi aprovado nesta quarta-feira (31), de forma unânime, na Assembleia Legislativa. A proposta apresentada pelo governador Reinaldo Azambuja visa atender até 100 mil famílias de baixa renda no Estado, com benefício mensal no valor de R$ 200,00.

A proposta foi enviada ontem (30) pelo governador para Assembleia e nesta quarta-feira (31) ela passou por duas votações, inclusive com sessão extraordinária, tendo apoio de todos os parlamentares. Como não houve apresentação de emendas, a matéria já segue para sanção do governador.

Os deputados elogiaram a ação do governador, ressaltando que neste momento de pandemia, onde muitos perderam ou tiveram redução da renda, um programa estadual como este é essencial. “Sempre confiamos na gestão do governador (Reinaldo Azambuja) e ele novamente demonstra o cuidado com a população do Estado”, disse o deputado Eduardo Rocha.

O presidente da Assembleia, o deputado Paulo Corrêa, destacou a cooperação dos parlamentares, que avaliaram a matéria em duas votações, que entenderam a importância da proposta. “Deixo aqui meu carinho e satisfação e estar aqui nessa votação do programa que irá atender as famílias mais carentes do Estado”.

Gerson Claro destacou que o programa vai atender os “mais vulneráveis”, sendo uma medida benéfica. “São medidas urgentes que vão ajudar muito a população”. Rinaldo Modesto lembrou que toda equipe do governo que formatou o projeto está de parabéns. Já o deputado Pedro Kemp elogiou a “sensibilidade” do governo do Estado e ainda citou que o programa vai “aquecer o comércio local”.

Presidente da Assembleia, Paulo Corrêa, conduziu a votação virtual (Foto: Wagner Guimarães/Alems)

Programa

O programa “Mais Social” terá caráter permanente, com a expectativa de atender cerca de 100 mil famílias, que vão receber cartões exclusivos, cada um com valor de R$ 200/mês para compra de alimentos e produtos de higiene pessoal. Estão proibidas a compra de bebidas alcóolicas e produtos à base de tabaco, sob pena de exclusão do beneficiário do programa.

O novo programa vai ampliar a cobertura que já era feito pelo “Vale Renda”, que hoje atende 30 mil famílias, com o valor de R$ 180,00. As famílias que já eram beneficiadas serão transferidas gradativamente para o “Mais Social”.

A previsão da administração estadual é desembolsar R$ 182 milhões por ano com o novo programa. Entre os critérios para a inclusão no programa estão ter renda familiar de meio salário e crianças matriculadas e com frequência regular na escola. Famílias com idosos terão prioridade no acesso ao programa.

“A família não precisa se deslocar a nenhum endereço porque nossas equipes irão às casas delas. Será uma busca ativa. Nossas equipes visitarão os endereços que já estão no Cadastro Único (CadÚnico)”, explicou a titular da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), Elisa Cleia Nobre.

O governador Reinaldo Azambuja destacou que a proposta visa atender as famílias de baixa renda, principalmente neste momento de pandemia, que trouxe novas crises econômicas e sociais. “Em Mato Grosso do Sul o programa vai cobrir pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade. Isso é muito importante e vem em um momento oportuno em que vemos crescer a vulnerabilidade social na nossa população”.

Leonardo Rocha, Subcom

Foto de Capa: Chico Ribeiro

VEJA TAMBÉM

Política agrícola do MS garante a expansão da área de soja em 44%

Como resultado da política agrícola adotada pelo Governo do Estado, Mato Grosso do Sul registrou um aumento de 44% na área dedicada ao plantio de soja. A expansão foi de 1.029 milhão de hectares em cinco anos. Os dados são do SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). Desenvolver novas áreas agrícolas, ampliar a produção […]

Profissionais de segurança pública começam a ser vacinados no próximo sábado

Neste sábado, dia 03, os profissionais das forças de segurança do Mato Grosso do Sul, que estão na linha de frente no combate a Covid-19, começam a ser vacinados. Entre eles estão os policiais federais, civis e militares, bombeiros militares, agentes penitenciários, policiais rodoviários federais e guardas municipais. Para o governador Reinaldo Azambuja a entrada […]

Nota MS Premiada será sorteada nesta quarta-feira pelas dezenas da Mega-Sena

O prêmio será distribuído entre os consumidores que incluíram o CPF na nota ao longo de fevereiro Acontece nesta quarta-feira (31) o sorteio da Nota MS Premiada em Mato Grosso do Sul. As dezenas sorteadas na Mega-Sena irã revelar também os ganhadores entre aqueles que pediram o CPF na nota em compras feitas ao longo […]

Governador comemora saldo positivo de empregos em MS apesar da pandemia

Com saldo positivo de 7 mil novas vagas de emprego em fevereiro, Mato Grosso do Sul segue em destaque entre os estados que apesar da crise econômica e pandemia, continua abrindo novas oportunidades de trabalho. O governador Reinaldo Azambuja comemorou os novos dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados). “A geração de […]

Carlos Alberto de Assis vai comandar a modernização da Agepan

Responsável pela reestruturação administrativa da SAD, o secretário Carlos Alberto de Assis deverá assumir o comando da Agepan – Agência de Regulação dos Serviços Públicos de MS com a missão de aproximar a agência do cidadão Gerente de banco por mais de duas décadas e responsável pela reestruturação administrativa da Secretaria de Administração e Desburocratização, […]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Política agrícola do MS garante a expansão da área de soja em 44%

Como resultado da política agrícola adotada pelo Governo do Estado, Mato Grosso do Sul registrou um aumento de 44% na área dedicada ao plantio de soja. A expansão foi de 1.029 milhão de hectares em cinco anos. Os dados são do SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). Desenvolver novas áreas agrícolas, ampliar a produção […]

Profissionais de segurança pública começam a ser vacinados no próximo sábado

Neste sábado, dia 03, os profissionais das forças de segurança do Mato Grosso do Sul, que estão na linha de frente no combate a Covid-19, começam a ser vacinados. Entre eles estão os policiais federais, civis e militares, bombeiros militares, agentes penitenciários, policiais rodoviários federais e guardas municipais. Para o governador Reinaldo Azambuja a entrada […]

Nota MS Premiada será sorteada nesta quarta-feira pelas dezenas da Mega-Sena

O prêmio será distribuído entre os consumidores que incluíram o CPF na nota ao longo de fevereiro Acontece nesta quarta-feira (31) o sorteio da Nota MS Premiada em Mato Grosso do Sul. As dezenas sorteadas na Mega-Sena irã revelar também os ganhadores entre aqueles que pediram o CPF na nota em compras feitas ao longo […]

Governador comemora saldo positivo de empregos em MS apesar da pandemia

Com saldo positivo de 7 mil novas vagas de emprego em fevereiro, Mato Grosso do Sul segue em destaque entre os estados que apesar da crise econômica e pandemia, continua abrindo novas oportunidades de trabalho. O governador Reinaldo Azambuja comemorou os novos dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados). “A geração de […]

Carlos Alberto de Assis vai comandar a modernização da Agepan

Responsável pela reestruturação administrativa da SAD, o secretário Carlos Alberto de Assis deverá assumir o comando da Agepan – Agência de Regulação dos Serviços Públicos de MS com a missão de aproximar a agência do cidadão Gerente de banco por mais de duas décadas e responsável pela reestruturação administrativa da

Aneel: Contas de luz terão bandeira amarela em abril

Fachada,Instituto Butantan

Instituto também reafirmou que produção da ButanVac será 100% nacional Share on WhatsApp Share on Facebook Share on Twitter Share on Linkedin

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou na noite desta sexta-feira, 26, que vai manter a bandeira amarela no mês de abril. Com a medida, as contas de luz seguem com a cobrança de uma taxa adicional de R$ 1,343 a cada 100 quilowatts-hora consumidores (kWh).

É o quarto mês consecutivo que o órgão aciona bandeira neste nível. Em nota, a agência reguladora explicou que em março foram registradas chuvas abaixo do esperado nas principais bacias do sistema elétrico nacional, e que os reservatórios das hidrelétricas seguem com níveis “relativamente” reduzidos para essa época do ano.

Abril é um mês de transição entre o período de chuvas, conhecido como “úmido”, para o “seco” nessas regiões, o que, segundo a agência, indica que não deve alterar as tendências de queda na quantidade de água que chega aos reservatórios. A conjuntura é desfavorável para a geração hidrelétrica, que produz energia mais barata.

Sistema de bandeiras

As bandeiras tarifárias foram criadas em 2015 para sinalizar ao consumidor o custo da geração de energia elétrica no País. Na prática, as cores e modalidades – verde, amarela ou vermelha – indicam se haverá ou não cobrança extra nas contas de luz.

A bandeira verde, quando não há cobrança adicional, significa que o custo para produzir energia está baixo. O acionamento das bandeiras amarela e vermelha representa um aumento no custo da geração e a necessidade de acionamento de térmicas, o que está ligado principalmente ao volume dos reservatórios e das chuvas.

Agência Estado

Conheça 8 benefícios que você tem direito ao se cadastrar no CadÚnico

CadÚnico

Inscrição no CadÚnico é feita de forma presencial. (Imagem: Ilustrativa)

Um dos caminhos para obter acesso a programas sociais do governo é através do CadÚnico, que é um sistema  que contém cadastros de famílias de baixa renda.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que ter o cadastro no sistema não é garantia para conseguir recebimento automático, mas é um dos passos.

Os requisitos para estar no CadÚnico são: Famílias de baixa renda que ganham até meio salário mínimo por pessoa, ou que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.Leia Mais

Pedófilo é preso em MT por estuprar duas filhas

A filha mais velha começou a ser estuprada quando tinha 9 anos

A filha mais velha começou a ser estuprada quando tinha 9 anos

Um pedófilo de 45 anos, que não teve o nome revelado, teve o mandado de prisão cumprido, no sábado (20), por estuprar duas filhas. O criminoso estava desaparecido desde 2019, quando o crime foi denunciado pelas vítimas e a mãe delas, na cidade de Sinop (500 km de Cuiabá).

O pedófilo foi detido  no bairro Novos Campos, em Sorriso (420 km da Capital), cidade em que estava escondido. Ele teve a prisão decretada pela 2ª Vara Criminal de Sinop,  desde  2019, em decorrência do inquérito policial que tramita na  Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Adolescente e Idoso.

Uma  das vítimas (que na época dos fatos tinha 15 anos) relatou que os abusos sexuais cometidos pelo pai aconteciam desde que  ela tinha 9 anos de idade. No entanto, essa filha só revelou o estupro para a mãe, quando sua irmã mais nova completou 11 anos e passou a ser estuprada.

A mãe de imediato procurou a Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrência, ao saber dos abusos.

Com base em provas e evidências, o estuprador  teve o mandado de prisão decretado. Desta forma, ele fugiu da cidade.  ReporterMT

 

Luto compartilhado por famílias que perderam alguém para a Covid e as etapas de “superação”

A linha tênue entre o luto e os cuidados com a saúde mental

Do latim luctus a palavra luto tem como definições dor, mágoa e lástima. Desde que a OMS decretou pandemia mundial pelo novo coronavírus em 11 de março do ano passado, esse sentimento já foi experimentado por inúmeras pessoas. Quase 300 mil brasileiros já perderam a vida por complicações da doença, aproximadamente 4 mil deles em Mato Grosso do Sul.

Um estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences em julho de 2020, estimou que cada morte pela Covid-19 deixará aproximadamente nove pessoas enlutadas. Considerando esse levantamento, o coronavírus já impacta quase 3 milhões de pessoas no País.

Familiares, amigos, colegas e conhecidos compartilham o luto da despedida que há um ano segue novos protocolos determinados pelo Ministério da Saúde, com distanciamento, limitação de participantes, além da urna fechada sem possibilidade de um último adeus.

Para abordar o assunto a psicóloga, Gabriela Molento cita o livro Sobre a Morte e o Morrer, da médica psiquiatra suíça Elisabeth kübler-Ross que discorre sobre os cinco estágios do luto: negação e isolamento, raiva, barganha, depressão e aceitação.

De acordo com a profissional, são etapas naturais do processo compartilhado de sofrimento perante a morte. “Cada pessoa passa de uma forma, para algumas a questão da negação é bem forte, enquanto para outras não é um estágio tão marcante. É uma referência didática para que possamos entender que é completamente natural que esses estágios aconteçam e precisam ser vividos. Uma das formas de lidar com a morte é aprendermos a lidar com o assunto como um processo natural da vida”, analisa.

Na perda de um ente querido para a Covid-19 existe o risco potencial de luto traumático que merece atenção na condução dada pela rede de apoio do enlutado que deve ser delicada e sensível.

“O luto é um momento natural. Só não pode permanecer. Tudo que permanece por muito tempo pode virar algo crônico e vir a desenvolver uma depressão, ou uma psicossomatização como problemas físicos e bloqueios” alerta Gabriela que recomenda a psicoterapia, presença afetiva e espiritualidade como medidas para auxiliarem no processo.

Para a psicóloga Natali Portela uma das consequências da pandemia foi o aumento na demanda por atendimento psicológico. “Houveram mudanças significativas na vida cotidiana, e nem todo mundo consegue lidar com mudanças com tranquilidade. Ainda mais na situação que vivemos, de tantas incertezas, o sentimento que toma conta é a insegurança. O ser humano inseguro tem mais chance de se desequilibrar emocionalmente e isso se reflete em um aumento dos casos de transtornos de ansiedade por exemplo”, explica.

Natali é uma das profissionais responsáveis pelo Serviço de Atendimento Psicológico (SAP) ofertado gratuitamente aos alunos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). “A média de atendimentos no serviço que oferecemos na universidade aumentou com a pandemia. Acredito que esse número não se elevou mais porque os atendimentos estão acontecendo apenas online, o que muitas pessoas não consideram interessante, ou não possuem acesso à internet de qualidade ou privacidade em suas casas para conversar com uma psicóloga. Porém, ao mesmo tempo, percebo que essa modalidade de atendimento permitiu que estudantes mais retraídos nos procurassem”, destaca.

Os estudantes interessados na consulta virtual devem encaminhar solicitação para o e-mail atendimentopsicologico@uems.br .

Mireli Obando, Subcom

Foto: Istock

Toque de recolher: De bobeira na rua, oito ‘tomam enquadro’ e acabam na delegacia em MS

Grupo foi abordado pela PM

Grupo foi abordado pela PM

A Polícia Militar encaminhou oito pessoas para a delegacia na noite desta sexta-feira (12), em Santa Rita do Pardo, a 267 quilômetros de Campo Grande, por descumprimento do toque de recolher, medida imposta como forma de conter o avanço da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Durante rondas, os policiais abordaram, em situações distintas, sete homens e uma mulher. Todos foram qualificados e conduzidos à Polícia Civil, pois perambulavam pelas ruas, sem haver necessidade urgente. Ao serem indagados, disseram que estavam cientes dos decretos vigentes contra a doença.

O Governo do Estado e os Municípios têm adotado diversas medidas para frear o aumento do número de casos do novo coronavírus, sendo uma delas o toque de recolher. O cidadão deve se recolher em sua residência em horário determinado, podendo sair somente em casos urgentes e emergência médica. Midiamax

Mato Grosso do Sul atinge 347 leitos de UTI para Covid e terá mais 33 até a próxima semana

Trabalho de parceria entre o governo e os municípios garante a ampliação dos leitos de UTI-Covid em diversas regiões do Estado, chegando a 347 unidades e com previsão de abertura de mais 33 até o próximo dia 19. Segundo o titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, uma “força-tarefa” instituída na pasta está em contato permanente com prefeitos e secretários municipais de Saúde para um trabalho conjunto com essa finalidade.

“Discutimos com os municípios em quais localidades temos leitos de UTI e precisamos ampliá-los. E aqui na Capital já temos algumas vitórias. No próprio Hospital Regional nós tínhamos 79 leitos exclusivos para pacientes do coronavírus e mais 28 leitos de retaguarda. Todos eles foram transformados em Covid. Então, mesmo que não tenhamos leitos novos, aumentamos exclusivamente para Covid, em 28 unidades”, salientou o secretário.

Além de Campo Grande, estão sendo instalados novos leitos de UTI nas cidades de Coxim, Dourados, Três Lagoas e Aparecida do Taboado. Na Capital, além dos 28 do Hospital Regional de MS, estão sendo abertas duas unidades na Clínica Campo Grande, 10 na Santa Casa (era usados como UTI Geral e passaram a ser exclusivos Covid) e 14 no Hospital Adventista do Pênfigo, totalizando 54 novas vagas para pacientes graves de Covid-19.

Em Coxim, serão instaladas mais três UTI’s no Hospital Regional de Coxim, com previsão de ser ativado até o dia 19 deste mês. Em Dourados, a previsão é de mais 20 estruturas, sendo cinco de instalação imediata no Hospital Universitário (HU) da UFGD, cinco no Hospital Santa Rita e mais 10 no HU da UFGD, ainda em fase de negociação com os dirigentes da instituição.

Já a população da macrorregião de Três Lagoas está conquistando mais 10 Unidades de Terapia Intensiva no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora (implantação imediata) e cinco estruturas no Hospital da Fundação Hospitalar Enfermeiro Pedro Francisco Soares, de Aparecida do Taboado.

“Desta forma, dos 288 leitos que tínhamos anteriormente, montados exclusivamente para pacientes de Covid-19, estamos chegando a 347 de imediato, com perspectiva de chegarmos a 380 até o próximo dia 19, se as tratativas que estamos fazendo com muito empenho, se concretizarem”, salienta Geraldo Resende. “Tudo isso, para que não faltem leitos para os nossos pacientes, mas isso de nada vai adiantar se a população não colaborar, adotando as medidas de contenção”, conclui o secretário.

Texto e foto: Ricardo Minella/SES