Mulher chama a polícia após ser ameaçada e chamada de ‘branquela azeda’

Imagem Ilustrativa – (Foto: Freepik, Reprodução)

Farta de receber ameaças e ser insultada por parentes de seu marido, uma jovem de 24 anos procurou a  para registrar queixa contra os ataques, especialmente após ser chamada de “branquela azeda” pelo primo de seu cônjuge neste domingo (21).

À polícia, a moça relata que, por volta das 18 horas, enquanto transitava próximo de sua casa, passou pela casa da tia de seu marido. Segundo a vítima, a mulher tem o costume de ameaçá-la e dizer que irá arrancar seus cabelos e arrebentá-la “na porrada”.

De acordo com a jovem, já houve situações em que a tia do marido e outros familiares da mesma chegaram a pegar facas e pedaços de pau para ameaça-la.

Além disso, ainda neste domingo, um primo do cônjuge da vítima e filho da mulher que a ameaça constantemente, avisou que é ele quem manda na região e a chamou de “branquela azeda”. Conforme o registro policial, após receber o insulto e a intimidação, a jovem chamou a polícia por meio do 190, que compareceu ao local, mas não conduziu ninguém à delegacia.

Por fim, ela informa que as provocações são constantes e costumam acontecer quando a família está reunida consumindo bebidas alcoólicas. O caso foi registrado como ameaça. Midiamax

Compartilhe:

Mulher é arrastada e morre atropelada pelo marido em frente aos filhos

Casal teria relacionamento conturbado (Redes sociais)

Andressa Fernandes Teixeira, de 29 anos, foi morta atropelada pelo próprio marido, de 24 anos, na Avenida Cinco, no bairro Nova Campo Grande, na noite de sábado (21). A vítima foi prensada contra um portão e arrastada após ser atropelada na residência.

Por volta das 22h, a vítima estava sentada no portão, de costas para a residência, quando o marido avançou com o Volkswagen Polo em sua direção, a arrastando. O corpo parou embaixo do carro, quando vizinhos impediram que ele fugisse.

Uma vizinha, que testemunhou o crime, contou à polícia que o casal estava bebendo, chegando a convidá-la por volta das 20h. Ela teria negado por ter compromissos. Quando retornou, ouviu o casal discutindo sobre a situação financeira, chegando a discutirem sobre quem ganhava mais na casa. Pouco depois, ela pediu uma pizza e viu Andressa ainda no portão, chegando a brincar com a vítima, mas foi ignorada. Andressa ainda teria questionado o motoentregador da pizza por olhar “demais” para a casa. A vizinha pegou a encomenda e entrou para dentro da residência.

Pouco depois, ouviu Andressa brigando com o companheiro, tentando impedi-lo de sair com o carro. As crianças, uma menina de 11 anos e um garoto de 3 anos, estavam na frente da casa. A vizinha ouviu o estrondo do portão e começou a gritar: “Para o carro, você vai matá-la”. O marido teria respondido: “Que se dane!”. Ele teria arrancado em primeira marcha. A moradora continuou pedindo para que ele desse ré no veículo: “Pense nos seus filhos. Você está levando ela”, momento em que ele desceu do carro.

A vizinha começou a gritar e outros moradores saíram para ver, impedindo o rapaz de tentar fugir, momento em que ele entrou no carro. Ela relatou que viu os dedos de Andressa se mexerem; o pneu estava sobre a mão dela. Familiares dele chegaram ao endereço e tiraram o carro de cima da vítima com força, em seguida, um parente teria pego o carro e tirado do local do crime.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, uma ambulância chegou rápido, entretanto, a equipe constatou o óbito após 1h. O marido teria ficado “em cima” dos socorristas e precisou ser contido. Quando a Polícia Militar chegou, ele estava alterado e precisou ser reanimado. Ele dizia “O que eu fiz da minha vida”. Os filhos do casal gritavam.

Relacionamento conturbado

A testemunha relata que o casal costumava brigar com frequência e tinha um relacionamento conturbado, mas ela não se intrometia por receio das atitudes dele.

Na noite de ontem, ela afirmou aos policiais que o rapaz sabia que a esposa estava no portão, pois ele havia confrontado o moto entregador. A vizinha ainda disse que acredita que o rapaz tinha passagens por outras brigas do casal, mas que Andressa não tinha medida protetiva ou denunciado o marido por violência.

Terceiro feminicídio no Nova Campo Grande

No dia 22 de março, Dayane Xavier da Silva foi esfaqueada pelo marido, de 38 anos, no bairro Nova Campo Grande. A vítima sofreu três cortes na região da virilha e perdeu muito sangue. Ela foi socorrida e levada para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos.

A vítima e o autor moravam há dois meses na casa onde ocorreu o feminicídio, que é de uma amiga de Dayane. Ela estava presente no momento do crime e contou que os três estavam em uma conveniência. Midiamax

 

Compartilhe:

Cassilândia: Cirurgião-dentista Dr. Guilherme Wilson da Silva está atendendo a conveniados do Bensaúde

O cirurgião-dentista cassilandense Dr. Guilherme Wilson da Silva está atendendo os conveniados do Bensaúde, um dos melhores planos de saúde do País.

Informe-se melhor e seja bem atendido.

ATENDIMENTOS:

CONVÊNIO BENSAÚDE (Todos atendimentos que esteja na cobertura do Plano)

PARTICULAR
IMPLANTES e PRÓTESES SOBRE IMPLANTE
RESTAURAÇÕES
CIRURGIAS
ENDODONTIA (Canal)
PRÓTESES (Coroa, Dentadura, Ponte Móvel)
PERIODONTIA (Gengiva)
ORTODONTIA

(67) 3596-3048 (67) 98106-1718
Dr. GUILHERME Wilson da Silva
Rua Dr. Manoel Thomaz da Silva, nº 516.

Dr. Guilherme Wilson da Silva é cirurgião-dentista em Cassilândia

Compartilhe:

Motorista perde controle e tomba carreta carregada com gado

Acidente aconteceu na BR-163, trecho próximo a Bandeirantes, no início da noite deste domingo (21

Carreta bitrem que carregava gados tombou na BR-163, trecho entre os municípios de Bandeirantes e Jaraguari, a 70 quilômetros de Campo Grande, no início da noite deste domingo (21). O condutor, que não teve o nome divulgado, perdeu o controle da direção.

Com o impacto da queda, diversos animais acabaram morrendo. Não há informações de quantos ocupavam o veículo. Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e prestou atendimento ao motorista, que sofreu escoriações leves.

Vídeo encaminhado ao Campo Grande News pelo canal Direto das Ruas mostra a situação dos animais. O veículo pesado ficou caído, de ponta cabeça, às margens da rodovia federal. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe:

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue, 14 em MS

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue, 14 em MS

Mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 perderam a vida para a doença

O Brasil alcançou a marca dos 1.601 óbitos por dengue confirmados em 2024. Além disso, outras duas mil mortes seguem em investigação e podem ter sido causadas pela doença, totalizando 3,6 mil mortes confirmadas ou suspeitas até o momento. Os dados são do painel de casos do Ministério da Saúde atualizado.

Em Mato Grosso do Sul,  já foram registradas 14 mortes devido às complicações da dengue, segundo mostra o boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde). Em Campo Grande, foram liberadas 1.346 doses para um público mais amplo: pessoas de idades entre 6 e 16 anos. A medida busca evitar a perda do que pode ser aplicado somente até 30 de abril deste ano, conforme recomendação da fabricante.

O número de mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 brasileiros perderam a vida para doença. A diferença entre os casos ainda em investigação de 2023 e 2024 supera os 1.707%. Do ano passado, apenas 114 ocorrências seguem em investigação.

Em relação aos casos prováveis da doença, os números chegam a 3,535 milhões em 2024 contra 1,649 milhão em 2023, aumento de 114%. Já o coeficiente de incidência de casos por 100 mil habitantes cresceu de 773 em 2023 para 1.741 casos prováveis para cada 100 mil brasileiros em 2024.

As mulheres são as mais afetadas pela doença, representando 55% das ocorrências prováveis, contra 44% de pessoas do sexo masculino. A faixa etária mais afetada é dos 20 aos 29 anos, com 358 mil mulheres dessa faixa etária atingidas contra 299 mil homens.

Apesar do aumento expressivo no número de casos e óbitos, a letalidade da doença em relação ao total de casos teve leve redução. De uma letalidade de 4,83% em casos graves em 2023 para 4,35% em 2024. Além disso, a letalidade dos casos prováveis passou de 0,07% para 0,05% no mesmo período.

Estados – Proporcionalmente, as unidades da federação com a situação mais grave da doença, índice calculado por casos prováveis a cada 100 mil habitantes (coeficiente de incidência), são: Distrito Federal (7,9 mil x 100 mil); Minas Gerais (5,3 mil x 100 mil); Paraná (3,0 mil x 100 mil); Espírito Santo (2,9 mil x 100 mil); Goiás (2,5 mil x 100 mil); Santa Catarina (2,0 mil x 100 mil); São Paulo (1,8 mil x 100 mil); e Rio de Janeiro (1,3 mil x 100 mil).

Na parte embaixo da tabela, com os melhores índices de incidência, estão os estados de Roraima (36 casos x 100 mil); Ceará (96 casos x 100 mil); Maranhão (128 casos x 100 mil); Sergipe (137 casos x 100 mil) e Alagoas (152 casos x 100 mil). (Com informações da Agência Brasil). Campo Grande News

Compartilhe:

Trabalhadora é indenizada em R$ 5,5 mil após Justiça reconhecer doença ocupacional em frigorífico de MS

Mulher trabalhava em setor de alimentos. Imagem Ilustrativa. (Jonathan Campos, AEN/PR)

Uma trabalhadora de uma indústria de alimentos em Sidrolândia, a 70 km de Campo Grande, foi indenizada em R$ 5,5 mil por danos morais devido ao reconhecimento de doença ocupacional. Contudo, foi considerada como ofensa de “natureza leve”, já que não causou incapacidade laborativa permanente.

A relação da concausa entre a atividade desempenhada pela reclamante e a doença ocupacional foi reconhecida na decisão do juiz do trabalho Renato de Moraes Anderson, do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 24ª Região.

A trabalhadora foi contratada, em 2006, na função de ajudante de produção, fazendo a limpeza do peito de frango. Ela ficou cinco anos na mesma atividade sem rodízio na ocupação.

O que diz a perícia?

A perícia concluiu que nas atividades desenvolvidas pela trabalhadora existiam movimentos repetitivos de flexão e extensão com dedos, mãos e punhos, podendo afirmar que o trabalho na empresa atuou como concausa na doença.

Assim, o médico confirmou os seguintes diagnósticos: síndrome do impacto dos ombros, tendinopatia do flexores dos punhos e lombalgia, declarando no laudo que as duas primeiras patologias foram agravadas na ordem de 30% e 35%, respectivamente, pelo trabalho, associado à idade, hipertensão, sobrepeso e história ocupacional.

Já a lombalgia não apresentou nexo de causalidade com as atividades da reclamante.

“No tocante à culpa patronal, esta se configura pois a própria atividade exercida propicia o agravamento das lesões e não há prova da realização de rodízio de funções em outra que não exigisse movimentos repetitivos com os membros superiores (item 36.14.7 da NR 36, expedida pelo Ministério do Trabalho e Emprego), sendo que as pausas concedidas não foram suficientes para evitar o agravamento da patologia, o que demonstra que a empresa não providenciou a redução dos riscos inerentes ao trabalho, estando presentes os requisitos do dever de indenizar”, afirmou, no voto, o relator do processo desembargador André Luís Moraes de Oliveira. Midiamax

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Duas mulheres ficam feridas em acidente com carro e motocicleta perto da Santa Casa

Duas mulheres ficaram feridas em acidente com carro e motocicleta perto da Santa Casa de Misericórdia de Cassilândia, nesse sábado à noite, 20 de abril.

De acordo com informações, elas estavam numa motocicleta quando houve o choque com um veículo branco modelo Saveiro.

Uma delas está em estado mais grave.

Voltaremos a informar a qualquer momento.

Veja imagens.

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Vitória Pires Barbosa de Freitas é tricampeã do Festival de Música de Cassilândia

A bela e talentosa Vitória Pires Barbosa de Freitas ganhou na noite desse sábado, 20 de abril, o seu terceiro título seguido do Festival de Música de Cassilândia, promovido pela Prefeitura Municipal na Praça São José.

Ela é filha de Rodrigo Barbosa de Freitas e de Gleicy Kelle Pires de Freitas.

Vitória faturou o checão de R$ 2.000,00.

Ou seja, a pizza da família e dos amigos já está garantida.

Confira as imagens.

Compartilhe:

Após desentendimento, corretor de imóveis esfaqueia irmão e mãe

Vista aérea de Jaraguari (Foto/Divulgação: prefeitura)

Vista aérea de Jaraguari (Foto/Divulgação: prefeitura) – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Corretor de imóveis, de 38 anos, esfaqueou o irmão e a mãe após desentendimento. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (20), por volta das 1 h, em Jaraguari, cidade que fica a 47 km da Capital.

Conforme o boletim de ocorrência, a PM (Polícia Militar) foi acionada por uma enfermeira do hospital onde as vítimas foram socorridas. A mãe, de 61 anos, disse apenas que os irmãos bebiam juntos quando houve o desentendimento.

Em certo momento o corretor de imóveis golpeou o irmão, de 30 anos,  três vezes, na região do abdômen. Na tentativa de cessar a briga dos filhos, a mulher acabou tendo a sua mão ferida.

Apesar do quadro estável, o irmão precisou ser levado para a Santa Casa de Campo Grande. A PM realizou rondas na tentativa de localizar o corretor de imóveis, mas não o encontrou.

O Campo Grande News apurou que o corretor de imóveis se candidatou para vereador da cidade em 2020. Porém, com apenas 35 votos o homem ficou como suplente. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe:

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue, 14 em MS

Brasil atinge 1,6 mil mortes confirmadas por dengue, 14 em MS

Mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 perderam a vida para a doença

O Brasil alcançou a marca dos 1.601 óbitos por dengue confirmados em 2024. Além disso, outras duas mil mortes seguem em investigação e podem ter sido causadas pela doença, totalizando 3,6 mil mortes confirmadas ou suspeitas até o momento. Os dados são do painel de casos do Ministério da Saúde atualizado.

Em Mato Grosso do Sul,  já foram registradas 14 mortes devido às complicações da dengue, segundo mostra o boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde). Em Campo Grande, foram liberadas 1.346 doses para um público mais amplo: pessoas de idades entre 6 e 16 anos. A medida busca evitar a perda do que pode ser aplicado somente até 30 de abril deste ano, conforme recomendação da fabricante.

O número de mortes confirmadas é 35% superior a todo o ano de 2023, quando 1.179 brasileiros perderam a vida para doença. A diferença entre os casos ainda em investigação de 2023 e 2024 supera os 1.707%. Do ano passado, apenas 114 ocorrências seguem em investigação.

Em relação aos casos prováveis da doença, os números chegam a 3,535 milhões em 2024 contra 1,649 milhão em 2023, aumento de 114%. Já o coeficiente de incidência de casos por 100 mil habitantes cresceu de 773 em 2023 para 1.741 casos prováveis para cada 100 mil brasileiros em 2024.

As mulheres são as mais afetadas pela doença, representando 55% das ocorrências prováveis, contra 44% de pessoas do sexo masculino. A faixa etária mais afetada é dos 20 aos 29 anos, com 358 mil mulheres dessa faixa etária atingidas contra 299 mil homens.

Apesar do aumento expressivo no número de casos e óbitos, a letalidade da doença em relação ao total de casos teve leve redução. De uma letalidade de 4,83% em casos graves em 2023 para 4,35% em 2024. Além disso, a letalidade dos casos prováveis passou de 0,07% para 0,05% no mesmo período.

Estados – Proporcionalmente, as unidades da federação com a situação mais grave da doença, índice calculado por casos prováveis a cada 100 mil habitantes (coeficiente de incidência), são: Distrito Federal (7,9 mil x 100 mil); Minas Gerais (5,3 mil x 100 mil); Paraná (3,0 mil x 100 mil); Espírito Santo (2,9 mil x 100 mil); Goiás (2,5 mil x 100 mil); Santa Catarina (2,0 mil x 100 mil); São Paulo (1,8 mil x 100 mil); e Rio de Janeiro (1,3 mil x 100 mil).

Na parte embaixo da tabela, com os melhores índices de incidência, estão os estados de Roraima (36 casos x 100 mil); Ceará (96 casos x 100 mil); Maranhão (128 casos x 100 mil); Sergipe (137 casos x 100 mil) e Alagoas (152 casos x 100 mil). (Com informações da Agência Brasil). Campo Grande News 

Compartilhe:

Mulher é presa por maus-tratos de 560 gatos e cães mantidos dentro de casa

Imagem de compartilhamento para o artigo Mulher é presa por maus-tratos de 560 gatos e cães mantidos dentro de casa em MS da MS Todo dia

Segundo relatos do sargento da PMA, alguns animais estavam acorrentados e deitados próximos a resíduos de fezes e urina.

Uma mulher, dirigente de uma organização não governamental (ONG), foi detida sob acusações de maus-tratos a animais em Campo Grande, na sexta-feira (19). Segundo informações da Polícia Civil, a mulher mantinha 560 animais em condições insalubres em sua residência, que também servia como sede da entidade, localizada no bairro Coronel Antonino.

A denúncia inicial foi feita à Polícia Militar Ambiental (PMA), relatando a presença de dois macacos-prego na casa. Durante a operação, as autoridades encontraram um total de 110 cachorros e 450 gatos de diversas raças, todos mantidos em condições inadequadas.

As condições de higiene eram precárias, com forte odor e atraso nas vacinas dos animais. Segundo relatos do sargento da PMA, alguns animais estavam acorrentados e deitados próximos a resíduos de fezes e urina.

Embora os macacos denunciados não tenham sido localizados, as buscas pelos animais continuam em andamento. Diversos órgãos, incluindo Perícia, Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Vigilância Sanitária e fiscal de segurança do trabalho, foram acionados devido à presença de estagiários, voluntários e diaristas trabalhando na ONG.

Durante a operação, foram encontrados medicamentos espalhados pela casa, cuja procedência será inspecionada devido às preocupações com a falta de documentação.

Os animais permanecerão sob cuidados no local, com um responsável designado para garantir alimentação e medicação. Na próxima semana, o CCZ realizará uma avaliação detalhada da saúde de cada animal.

A dirigente da ONG foi multada em R$ 175 mil por crimes ambientais e enfrenta acusações de maus-tratos, sujeitas a pena de 2 a 5 anos de prisão. O caso continua sob investigação pelas autoridades competentes.

Fonte: MS Todo Dia
Foto: Decat/Divulgação

Compartilhe:

Após realizar sete transferências, mulher perde R$ 14 mil no golpe do Pix

Vista aérea do município de Naviraí, distante 408 km de Campo Grande (Foto: Divulgação) 

Uma mulher, 64 de anos, perdeu mais de R$ 14 mil após realizar sete transferências bancárias através de Pix. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (19), em Paranaíba-MS.

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher recebeu várias mensagens por um número de uma pessoa que disse ser sua filha. Nas mensagens, o golpista pediu uma certa quantia de dinheiro, acreditando estar falando com a sua filha, a vítima realizou as transferências.

Ao todo, a mulher fez sete Pix, com valores que vão de R$ 800 a R$ 4.000, que totalizaram uma perda de R$ 14.150. Conforme detalhado na ocorrência, as transferências foram enviadas para quatro contas, com nome de quatro pessoas diferentes.

A mulher percebeu que havia caído em um golpe apenas depois que realizou as transferências. O caso foi registrado como estelionato, na delegacia de Paranaíba. BATANEWS/CGNEWS

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Morre Guilherme Divino Soares, da Auto Elétrica Estrela

Morreu hoje, sábado, 20 de abril, Guilherme Divino Soares, proprietário da Auto Elétrica Estrela.

Ele tinha 60 anos, morava na Vila Izanópolis, em Cassilândia, e deixa esposa, uma filha e um neto.

De acordo com informações, Guilherme enfrentava um câncer havia quatro anos.

Guilherme Divino Soares

O corpo está sendo velado na Casa Municipal de Velório Maurita Barbosa de Queiroz e o sepultamento será amanhã às 8h MS no Cemitério Municipal Waldomiro Pontes, em Cassilândia.

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Hoje tem festa! Veja algumas imagens do “grande show” oferecido pela Prefeitura de Cassilândia

Hoje à noite tem a quarta noite seguida de festa na Praça São José, uma promoção da administração municipal de Cassilândia.

Enquanto isso, a cidade apresenta sérios problemas como matagal lixo acumulado e vazamentos de água que denunciam a incompetência do prefeito Valdecy Costa (PSDB).

Veja imagens festas em apenas dois bairros.

Compartilhe:

Cassilândia: Adriana Moreira, do Salão da Adriana, recebe o Certificado de Excelência 2023

A empresária cassilandense Adriana Moreira, do Salão da Adriana, recebeu o Certificado de Excelência 2023 por se destacar entre os consumidores no segmento de beleza e estética em Cassilândia.

Salão consagrado por seu alto nível nos serviços, o Salão da Adriana foi o mais citado na enquete simplificada para o Cassilândia Urgente feita em dezembro do ano passado.

Adriana Moreira

Compartilhe:

Adolescente é agredido a cadeiradas na cabeça após ‘brincadeira’ em escola

(Ana Laura Menegat, Midiamax)

Um adolescente foi agredido a cadeiradas na cabeça por outra adolescente após brincadeira em uma escola municipal no Jardim Canguru, em Campo Grande, na tarde desta sexta-feira (19).

Conforme apurado pela reportagem do Jornal Midiamax, os estudantes têm entre 12 e 13 anos. A adolescente teria agredido o menino com uma cadeira na parte da frente da cabeça.

Ele reclamava de dores no queixo e foi encaminhado por equipes de resgate a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da região.

A PM (Polícia Militar) e a GCM (Guarda Civil Metropolitana) foram acionadas para o local.

Há informações de que os pais do adolescente vítima da agressão teriam optado por não denunciar a menina.

O Jornal Midiamax acionou a Semed (Secretaria Municipal de Educação) acerca dos fatos, mas até a publicação da reportagem não obteve retorno. O espaço segue aberto para manifestações. Midiamax

Compartilhe:

Jovem é estuprada por desconhecido enquanto voltava para casa

Imagem de compartilhamento para o artigo Jovem é estuprada por desconhecido enquanto voltava para casa em MS da MS Todo dia

Ela estava a pé quando um desconhecido se aproximou em um veículo Saveiro branco

Uma jovem de 20 anos foi estuprada enquanto retornava para casa na noite de ontem (18) em Dourados.

O crime ocorreu na aldeia Bororó.

Conforme o site o TopMídiaNews, o crime aconteceu por volta das 22 horas, próximo à Escola Agostinho.

Ela estava a pé quando um desconhecido se aproximou em um veículo Saveiro branco.

O homem estava armado, proferiu ameaças e afirmou estar observando a jovem há alguns dias.

“Eu quero você, faz dias que estou de olho em você”, disse o suspeito.

Ele a agrediu com socos e tapas até que desmaiasse.

Quando retomou a consciência, a jovem percebeu que estava nua e com sinais de violência sexual.

Ela procurou a Delegacia de Polícia Civil para registrar o crime.

A Polícia está investigando o caso e trabalha para identificar e prender o criminoso.

Fonte: MS Todo Dia com TopMídiaNews

 

Compartilhe:

Mulher invade casa com faca e mata três galinhas

Ela enforcou a neta da dona do imóvel e matou os animais que estavam no quintal

Uma mulher de 30 anos foi presa ontem (18), após invadir a casa de uma idosa, esfaquear e matar três galinhas de estimação que estavam no quintal da casa.

O caso aconteceu no Jardim Itamaracá, em Campo Grande.

Conforme o Campo Grande News, a neta da idosa, 20 anos, foi quem acionou a Polícia Militar. A menina revelou que a mulher chegou na residência chutando o portão e armada com uma faca.

Ela invadiu a casa e passou ameaçar os moradores.

A jovem relatou que a mulher tem rixa com sua avó. Ao perceber que a mulher iria atacar a idosa, a menina tentou impedir, mas foi agredida com puxões de cabelo e tentativa de enforcamento.

A idosa e a neta conseguiram se esconder dentro de casa e suspeita continuou no quintal, momento que matou as três galinhas.

A Polícia Militar foi acionada e encontrou a mulher sentada, suja com sangue dos animais.

Ela foi presa em flagrante pelos crimes de ameaça, vias de fato, maus-tratos contra animais e trazer consigo arma fora de casa sem licença.

A mulher foi encaminhada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Campo Grande News

 

Compartilhe:

Morre PM reformado que assassinou empresário durante audiência no Procon em MS

Policial militar aposentado, José Roberto de Souza, durante audiência em julho de 2023 (Foto: Alex Machado | Arquivo)

Morreu nesta sexta-feira (19) o policial militar reformado José Roberto de Souza, 54 anos, preso em fevereiro de 2023 por matar a tiros o empresário Antônio Caetano de Carvalho, 67 anos, durante uma audiência no Procon (Secretaria Executiva para Orientação e Defesa do Consumidor), na região central de Campo Grande.

José Roberto estava no Centro de Triagem Anísio Lima, em Campo Grande e a informação foi divulgada pelo advogado José Roberto da Rosa, que atua na defesa do policial reformado. A causa da morte ainda não foi informada.

No entanto, conforme apurou o Campo Grande News, o militar passava por problemas cardíacos e foi encaminhado para hospital na noite de quarta-feira (17), onde morreu nesta sexta-feira, mas ainda não há confirmação do horário.

O militar aposentado se entregou à polícia no dia 16 de fevereiro de 2023, três dias após matar a tidos o Antônio. Ele foi até à 1ª Delegacia de Polícia Civil acompanhado do advogado e em seguida foi encaminhado para o presídio.

Na época, a defesa chegou a dizer que o empresário ofendeu a o policial por algumas vezes o chamando de “policinha” e “neguinho” e que a discussão por R$ 600 durante a audiência no Procon foi o “estopim”. Já o militar alegou em audiência ter lapsos de memória e que não queria ter ido à audiência.

No dia 24 de fevereiro daquele mesmo ano, o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) ofereceu denuncia contra o José Roberto por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. Em setembro ele foi pronunciado pelo crime e passaria por julgamento em Tribunal do Júri, mas a data ainda não havia sido marcada.

Campo Grande News

 

Compartilhe:

Homem tenta atropelar o próprio pai após desentendimento

Foto: Henrique Arakaki, Midiamax

Um homem, de 42 anos, tentou atropelar o próprio pai, de 65, após desentendimento por entrega de uma peça, na Vila Neusa, em Campo Grande. O caso aconteceu na tarde de quarta-feira (17/04) e o homem estava em um veículo S10 quando ocorreu a tentativa de atropelamento.

O pai e o filho são vizinhos, porém as duas casas tem o mesmo número. A vítima havia feito um pedido de uma peça de veículo na tarde de quarta (17/04) e quando o entregador foi deixar a peça em uma das residências, o filho não teria recebido o pedido.

Em seguida, o pai perguntou para o filho o motivo de não ter recebido o pedido, momento em que o mesmo respondeu dizendo que não tinha obrigação de receber peça, segundo o boletim de ocorrência.

Imediatamente, o homem entrou na S10, deu partida e tentou atropelar o pai, porém o veículo apagou e a vítima conseguiu sair da frente, se livrando do atropelamento.

À polícia, o idoso relatou que o filho é muito agressivo e já o agrediu várias vezes.

O caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada. BATANEWS/MIDIAMAX

Compartilhe:

Justiça mantém prisão de sobrinha que levou tio morto para pegar empréstimo

Érika de Souza Vieira Nunes em foto do sistema prisional — Foto: Reprodução

A Justiça do Rio manteve, após audiência de custódia nesta quinta-feira (18), a prisão de Érika de Souza Vieira Nunes, presa em flagrante suspeita de levar o cadáver do tio Paulo Roberto Braga, a uma agência bancáriaEla responde por vilipêndio de cadáver e por furto.

Veja o que dizem os depoimentos

A polícia segue investigando o caso do idoso Paulo Roberto Braga, de 68 anos, levado morto a atendentes de um banco em Bangu, Zona Oeste do Rio, nesta terça-feira (16) pela sobrinha Érika de Souza Vieira Nunes, de 42 anos. Ela foi presa em flagrante por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver.

Alguns depoimentos, colhidos pela polícia, e declarações de pessoas envolvidas no caso para jornalistas mostram algumas versões sobre o fato.

Veja abaixo os depoimentos das seguintes pessoas sobre o caso:

  • Motorista de aplicativo
  • Gerente do banco
  • Médico do Samu
  • Funcionários do banco
  • Érika
  • Mototaxista
  • Defesa
  • Delegado e IML

Motorista de aplicativo

O motorista de aplicativo que levou Érika e Paulo Roberto para um shopping perto do banco disse à polícia que, quando chegou ao endereço deles, em Bangu, Érika estava na calçada esperando o carro.

Também afirmou que Érika pediu ajuda a um rapaz para retirar o idoso de dentro da residência.

O motorista disse que não ajudou a embarcar Paulo Roberto no carro e que Érika, o rapaz e as duas filhas dela colocaram o idoso sentado no banco do carona.

Quando chegaram ao shopping, o motorista afirmou que ficou esperando Érika ir buscar uma cadeira de rodas no subsolo. Enquanto isso, ele ficou conversando com um funcionário do shopping no estacionamento.

Segundo ele, quando Érika voltou, chegou a segurar a cadeira de rodas para que ela conseguisse retirar Paulo Roberto do carro. Ele também disse que, quando foi retirado do carro por Erika, ao chegar ao shopping próximo à agência bancária, Paulo segurou na maçaneta do carro, o que indica que ele estava vivo.

De acordo com o motorista, após os dois deixarem o carro, ele foi embora.

As imagens de câmeras de segurança do estacionamento do shopping (veja aqui) desmentem um ponto do depoimento do motorista: o vídeo mostra que ele ajuda Érika a segurar o idoso e a colocá-lo na cadeira de rodas.

No depoimento, ele não diz se percebeu algo de estranho durante a viagem, nem o fato de o idoso não se mexer tanto quando entrou no carro, ou na hora de sair.

Gerente do banco

A gerente do banco onde foram feitas as imagens de celular de Érika falando com as atendentes enquanto estava com o idoso também prestou depoimento.

Ela disse que viu uma mulher acompanhada de um idoso na cadeira de rodas, que aparentava estar muito debilitado, e que foi entender do que se tratava.

A gerente também disse que, ao perceber que o idoso não estava bem, pediu a Érika que o tio dela assinasse um papel antes de pegar o dinheiro e percebeu que, durante todo o processo, Paulo Roberto não respondia, e tinha aspecto pálido. Diante da situação, o Samu foi chamado.

Médico do Samu

O médico do Samu chamado para o banco afirmou que, ao fazer a reanimação cardiorrespiratória, verificou que Paulo Roberto estava morto, e que o corpo já apresentava manchas que normalmente aparecem só depois de duas horas de um óbito.

Funcionários do banco

Em áudios enviados em grupos de WhatsApp, funcionários do banco afirmam que desde o momento em que Érika e Paulo Roberto entraram na agência, já havia a percepção de que alguma coisa estava errada.

“EU ABRI A PORTA, PARA SAIR. A MENINA DOS SERVIÇOS GERAIS FALOU ASSIM: ‘PARECE QUE O HOMEM TÁ MORTO!’. EU FALEI ASSIM: ‘QUEM, GENTE?’. AÍ ELA: ‘ALI!’. E APONTOU. E A MULHER TENTANDO LEVANTAR A CABEÇA DELE, PEGANDO NA MÃO DELE, PEGANDO PARA ELE ASSINAR, SÓ QUE ELE NEM SE MEXIA”, RELATOU UMA TESTEMUNHA.

Érika de Souza

Érika de Souza Vieira Nunes também prestou depoimento ainda na terça-feira. Disse que o tio ficava sob seus cuidados e que, depois de receber alta de uma internação em uma UPA na segunda-feira, Paulo Roberto havia dito a ela que queria pedir um empréstimo de R$ 17 mil para comprar uma televisão e fazer uma reforma na casa dele.

Disse ainda que foi ao banco com ele para ajudar e que, quando saíram de casa, Paulo Roberto estava consciente, mas debilitado.

Segundo Érika, quando chegaram ao banco, o tio parou de responder. Afirmou que tentou acordá-lo, mas não conseguiu.

O mototaxista

O mototaxista que ajudou Erika de Souza Vieira Nunes, de 42 anos, a colocar o idoso Paulo Roberto Braga, de 68 anos, no carro do motorista de aplicativo disse, em depoimento, que ele estava vivo na hora que foi colocado no veículo para ir até a agência bancária no calçadão de Bangu, na Zona Oeste do Rio, na tarde de terça-feira (16).

No depoimento, feito na tarde de quarta-feira, o mototaxista disse que foi chamado por Erika para ir até sua casa e ajudar a colocar Paulo Roberto no carro, e que percebeu que ele ainda respirava e tinha força nas mãos.

Isso teria acontecido, segundo ele, por volta das 12h20. Ele afirma que, quando entrou na casa, viu Paulo Roberto deitado na cama.

Defesa

Em entrevistas (Veja Aqui), além de sustentar que Paulo chegou vivo à agência, a advogada de Érika, Ana Carla de Souza Correa, afirma que a cliente tem um laudo psiquiátrico que foi apresentado na delegacia. “A senhora Érika faz um tratamento psicológico, toma remédios controlados. Fez tratamento bariátrica e precisa de tratamento psicológico”, afirmou.

Questionada se Érika pode não ter percebido que Paulo Roberto estava morto na agência bancária, ela disse: “Acredito que ela estava em surto naquele momento por causa dos medicamentos. Ela estava visivelmente alterada”.

Delegado e IML

Também em declarações à imprensa, o titular da 34ª DP (Bangu), o delegado Fábio Luiz de Souza afirmou que acredita que o idoso já estava morto havia pelo menos 2 horas, que não estava sentado quando morreu e citou exames.

“Não dá pra dizer o momento exato da morte. Foi constatado pelo Samu que havia livor cadavérico. Isso só acontece a partir do momento da morte, mas só é perceptível por volta de duas horas após a morte”, explicou Fábio.

Já o perito do Instituto Médico Legal (IML) afirma que o óbito pode ter ocorrido entre 11h30 e 14h30, mas que ele não tem elementos seguros para dizer, do ponto de vista técnico e científico, que a vítima morreu no trajeto para a agência ou em seu interior. Por g1 Rio

Compartilhe:

Idoso cai em golpe por WhatsApp e perde 3 mil em Costa Rica

Imagem de compartilhamento para o artigo Idoso cai em golpe por WhatsApp e perde 3 mil em Costa Rica da MS Todo dia

O caso aconteceu na tarde de ontem; o idoso acreditava estar falando com a filha no aplicativo

Um idoso de 71 anos caiu em um golpe e perdeu R$ 3 mil na tarde de ontem (17), em Costa Rica.

Conforme o boletim de ocorrência, o idoso procurou a Delegacia de Polícia Civil e relatou que alguém se passou por sua filha no aplicativo de WhatsApp.

O falso contato pediu ao idoso que pagasse um boleto. Ele foi até o banco e pagou o valor solicitado.

Quando a filha chegou em casa, o homem percebeu que caiu em um golpe.

O caso será investigado e foi registrado como estelionato contra idoso.

Fonte: MS Todo Dia

Foto: MS Todo Dia

Compartilhe:

Criança de 7 anos é baleada enquanto brincava no quintal de casa

 

 

Uma criança de 7 anos foi atingida com um tiro na Vila Juquita, no município de Maracaju. O caso continua em investigação.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de disparo de arma de fogo. Segundo os familiares, o menino foi atingido com um disparo de arma de fogo na mão no momento em que brincava com outras crianças no fundo da residência.

Em um certo momento ouviram os tiros na via pública e, em seguida, a criança começou a chorar. O menino foi socorrido pelo pai e encaminhado ao hospital da cidade.

Já na unidade de saúde, foi constatado que o mesmo apresentava um ferimento de entrada na mão direita e seria realizado procedimentos operatórios para a retirada do projétil alojado.

A equipe da Polícia Civil investiga o caso para encontrar o responsável dos disparos de arma de fogo.

Compartilhe:

Homem pula de caminhão em movimento e morre atropelado

Corpo da vítima embaixo do caminhão e perito no local. (Foto: Sidney Assis, de Coxim)

Ronaldo da Silva Cruz, de 44 anos, morreu atropelado ao pular de um caminhão em movimento para abrir a porteira de uma propriedade rural, na região do Pantanal, em Corumbá, a 428 km de Campo Grande.

A reportagem apurou que Ronaldo estava na carroceria e quando o caminhão chegou em um trecho conhecido como ‘casa amarela’, o rapaz pulou para abrir a porteira. Contudo, o short dele enroscou em uma peça do veículo, fazendo com que Ronaldo parasse embaixo do caminhão.

Os pneus passaram por cima da cabeça e tórax do trabalhador, que morreu na hora, sem chance de socorro. Polícia Civil e peritos estiveram no local do acidente realizando os procedimentos necessários. BATANEWS/CGNEWS

Compartilhe:

Cassilândia: Kalinka Arend, da Dinâmica Auto Escola, recebe o Certificado de Excelência 2023

A empresária Kalinka Arend, da Dinâmica Auto Escola, recebeu hoje o Certificado de Excelência 2023 por se destacar no segmento de formação de condutores de veículos durante o ano passado.

A empresa está localizada na Rua Antônio Paulino, no centro de Cassilândia, e está apta a oferecer os melhores serviços aos novos motoristas e motociclistas.

Kalinka Arend

Compartilhe:

Vereadora de Cassilândia relata à polícia perseguição política com vídeos e ataques à honra

Vereadora Sumara na Câmara de CG

A vereadora Sumara Leal (PP), que foi perseguida na rodovia após denunciar irregularidades na prefeitura de Cassilândia (MS), buscou novamente a polícia nesta quinta-feira (18) para relatar ameaças que vem sofrendo perseguição política em grupos de WhatsApp com vídeos e ataques à honra.

Pessoas usando chips cadastrados no seu CPF têm divulgado vídeos tentando atacar a honra da vereadora na cidade, segundo boletim de ocorrência registrado na delegacia.

“São pessoas ofendendo a minha dignidade com acusações que geralmente fazem às mulheres. Moramos em uma cidade do interior, e querem me atacar de todas as formas. Eu sou uma mulher divorciada e tudo vira motivo, para essas pessoas, para ataques”, aponta.

Sumara diz ter o apoio da população após fazer denúncias de irregularidades e que o ataque na Câmara já estava relacionado à violência política de gênero.

“Estão fazendo de tudo para que a população fique contra mim, usando o método mais antigo possível para atacar mulheres, tentando insinuar coisas da minha vida pessoal com perseguição política. Eu não vou permitir isso. Estamos acompanhando o trabalho da polícia e logo chegaremos aos mandantes desses ataques. Nada vai ficar impune”, explicou.

Porém, a parlamentar diz que também circulam imagens dela com o filho, almoçando em Campo Grande. “Fui a trabalho e parei para almoçar com o meu filho, que mora em Campo Grande. Todo mundo tem direito a horário de almoço. Como estava em missão com o carro da Câmara, fui almoçar com o carro da Câmara. Até isso estão querendo usar contra mim”, finalizou.

Arquivamento de cassação encorajou ataques

Assim, a parlamentar acredita que o arquivamento do pedido de cassação contra o presidente da Câmara, vereador Arthur Barbosa (União Brasil), que recomendou que a vereadora ‘use o corpo para trabalhar, assim como usa a língua’, encorajou os ataques.

“Os colegas que deveriam me defender, por eu e mais uma vereadora sermos as únicas mulheres na política da cidade, arquivaram de cara o pedido. Isso encoraja. As pessoas começam a acreditar que nada será investigado. Mas estou acompanhando com a polícia tudo e não ficaremos sem respostas”, finaliza.

Perseguição política e cassação arquivada

Na sessão de segunda-feira (15) desta semana na Câmara de Cassilândia foi votada a denúncia contra o presidente da Casa, Arthur Barbosa (União). O parlamentar teria praticado violência política de gênero contra Sumara Leal (PP) na semana do Dia das Mulheres.

Assim, ao todo, 7 vereadores votaram contra a denúncia e 4 a favor, arquivando assim uma possível cassação do parlamentar. Favoráveis votaram Calos Cordeiro (União), Peter Saimon (PP), Fernanda Messias (Republicanos) e Fião (PRD).

Votaram contra Jose Martiniano (PSDB), Oba Oba (PSDB), Leandro Rosa (PSDB), Luiz Fernando (União), Nelson Gomes (Republicanos), Zé Divino (PSDB) e Cleiton (PDT).

Portanto, a vereadora Sumara lamentou o arquivamento sem que sequer houvesse investigação do caso pela Casa de Leis. A sessão foi adiada várias vezes, devendo ocorrer inicialmente em 25 de março.

A parlamentar afirma que foi vítima de machismo e humilhação, enquanto o vereador diz que falas foram mal interpretadas.

Midiamax

Compartilhe:

Homem não gosta de mordida durante sexo e mata esposa com facadas no pescoço

Sem arrependimentos, ele contou que esperou ela ir dormir para cometer o crime

Tatiele de Cássia dos Reis Gonçalves, de 37 anos, foi assassinada a facadas depois de morder o marido Marcos Vinicius Paulino, de 27 anos, durante uma relação sexual, durante a noite de domingo (14), na Rua Duque de Caxias, no Centro de Caconde, em São Paulo.

Segundo informações da Polícia Civil, Marcos teria contado que após usar cocaína, foi ter relações sexuais com a esposa. Durante o ato, ela mordeu a mão esquerda dele e ele não gostou. O casal parou a relação depois disso.

Ao delegado João Delfino de Souza, responsável pela investigação, Marcos disse que esperou ela se trocar e dormir, pegou uma faca na cozinha e desferiu um golpe no pescoço e no tórax dela, a cobrindo com uma manta após o crime.

Depois disso, o homem fugiu para a zona rural. Na manhã de segunda, ele procurou a base da Polícia Militar e confessou o crime. O corpo da vítima foi encontrado na cama do casal.

Durante depoimento ao delegado, Marcos não teria demonstrado arrependimento pelo crime.

O caso foi registrado como feminicídio, que é o assassinato de uma mulher motivado ou possibilitado pelo simples fato de a vítima ser uma mulher. Segundo o Código Penal Brasileiro, o feminicídio é punido com prisão que pode variar de 12 a 30 anos. JD1 Noticias

Compartilhe:

Homem é assassinado com facada no peito em posto de combustível abandonado

Homem é assassinado com facada no peito em posto de combustível abandonado

Viaturas da Polícia Civil de Amambai em frente à delegacia que investiga o caso. (Foto: Divulgação)

Um homem, ainda não identificado, foi esfaqueado no tórax e morreu assim que deu entrada no hospital, nesta terça-feira (16), em Amambai, a 351 km de Campo Grande. A suspeita de cometer o crime é uma mulher, conforme boletim de ocorrência.

Uma testemunha foi quem acionou o socorro ao ver a vítima sangrando em um posto de combustíveis abandonado, no Jardim Panorama. Socorrido pelos bombeiros, o homem estava com sinais claros de embriaguez e foi levado ao hospital, onde não resistiu e morreu.

O boletim traz informação de uma mulher, de 31 anos, como autora do crime, mas não há detalhes sobre as circunstâncias do ocorrido. O caso foi registrado como homicídio, na delegacia de Amambai, e será apurado.

Campo Grande News

Compartilhe:

Cadáver é encontrado em mata às margens da BR

Policiais e peritos no local onde corpo foi achado, em Nova Alvorada do Sul. (Foto: Alvorada Informa)

Corpo em estado avançado de decomposição foi encontrado em uma área de mata, nesta terça-feira (16), na cidade de Nova Alvorada do Sul, a 116 km de Campo Grande. Somente exame de DNA levará a identificação da vítima.

Conforme boletim de ocorrência, a mata fica às margens da BR-267. O corpo, segundo divulgado pelo site Alvorada Informa, tem altura aproximada de 1,70 metro. Equipes da perícia, Polícia Militar e da Polícia Civil estiveram no local.

Os restos mortais foram recolhidos e passarão por análise para identificar a vítima e também a causa da morte. O caso foi registrado em boletim de ocorrência, na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul como ‘morte a esclarecer’.

BATANEWS/CGNEWS

Compartilhe:

Cassilândia: Joice Cristina Martins é a aniversariante do dia

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e joias

Joice Cristina Martins

Quem está fazendo aniversário nesta quinta-feira, 18 de abril, e a jovem Joice Cristina Martins .

Ela é Mamãe da Princesinha Vitória, está completando 34 anos .

Ela recebe os abraços e beijos  de sua mãe Marlene Rodrigues e de seu pai Elias Martins, dos familiares e amigos .

Desejamos à aniversariante longa vida e felicidade. Parabéns!

Compartilhe:

Padrasto corre para mata após ser flagrado estuprando enteada de 8 anos

Imagem da prisão do suspeito, divulgada pela Polícia Civil. (Foto: Divulgação)

Um homem de 24 anos correu para matagal após ser flagrado estuprando a enteada, de 8 anos de idade, mas acabou preso pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) nesta terça-feira (16), em Paranaíba, a 408 km de Campo Grande.

A mãe da vítima contou à polícia que chegava de carro em casa, quando viu o companheiro saindo do quarto da criança e entrando no banheiro. A mulher questionou a criança o que o homem estava fazendo no local, momento em que ela revelou ter sido abusada sexualmente.

A mãe, então, acionou a Polícia Militar, mas o homem correu para uma área de mata e naquele momento não foi encontrado. Na sequência, mãe e filha foram levadas à delegacia. Ouvida em depoimento especial, a criança afirmou que os abusos já estariam ocorrendo há mais de um ano.

Após uma hora e meia, o suspeito foi encontrado e preso em flagrante por investigadores da DAM. Ele negou a acusação, mas a Polícia Civil pediu a prisão preventiva, que foi decretada pela Justiça. As investigações continuam.

BATANEWS/CGNEWS

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Morador da Vila Imperatriz reclama de omissão da Prefeitura de Cassilândia

Inconformado, um morador voltou a reclamar de um imóvel abandonado na Vila Imperatriz, conforme matéria publicada aqui neste site.

Até hoje a Prefeitura não foi lá para resolver o problema. Leia.

Um morador entrou em contato com a redação do Cassilândia Urgente para denunciar uma situação de abandono de imóvel na Rua Isméria Augusta de Almeida, na Vila Imperatriz, em Cassilândia.

O imóvel em estado deplorável tem muito matagal, o que proporciona o surgimento de animais como ratos e escorpiões, bem ao lado da Escola Municipal CEMEIC.

O morador informou que já procurou a Prefeitura de Cassilândia, o dono do imóvel não faz a limpeza e os vizinhos acabam sofrendo com um problema que continua sem solução.

Veja as imagens.

Compartilhe:

EXCLUSIVO! Hoje faz 6 anos que o menino Luiz Danilo está desaparecido do Alto Tamandaré

Hoje, 17 de abril, faz seis anos sem o adolescente Luiz Danilo Avalha Marques. Mas depois de todo esse tempo é possível que ele ainda esteja vivo? O Cassilândia Urgente foi o primeiro veículo de comunicação a chegar ao local logo após o sumiço do menino.

Desaparecido da fazenda Bela Vista, no povoado do Alto Tamandaré, em Paranaíba, localidade próxima de Cassilândia, o adolescente havia capotado um trator e nunca mais foi visto, no dia 17 de abril de 2018.

Na época maldades foram publicadas nas redes sociais como, por exemplo, de insinuar que ele era maltratado pela família; ao contrário disso, a reportagem do Cassilândia Urgente conversou com diversas pessoas de lá que conhecem a família, inclusive com seus irmãos e um sobrinho que é criado pelo pai Maurelei e mãe Mirelli, e não há nenhum histórico de violência na família Marques.

A sua mãe Mirelli ainda mantém a esperança de reencontrar o filho com vida: “Essa e a única coisa que nos mantém fortes, a esperança de poder achar ele.”

O seu pai andou em cidades vizinhas e colou cartazes com foto e telefones de contato, mas até hoje nenhuma informação chegou sobre o seu paradeiro. Ele saiu de casa trajando uma camisa azul com capuz e uma bermuda preta. Estava descalço.

Muita gente que mora no Alto Tamandaré acredita que ele possa ter sido devorado por onça, um animal comum naquelas matas e grotas. Mas os seus pais ainda tem a esperança de encontrá-lo com vida, acreditando que possa ter ido para outra cidade ou Estado.

Na época a polícia utilizou até helicóptero nas buscas, houve uma grande mobilização e o caso foi parar na grande Imprensa.

Seis anos depois nós perguntamos: onde está o garoto Luiz Danilo?

Luiz Danilo Avalha Marques, então com 15 anos

 

As polícias do Estado utilizaram até helicóptero nas buscas

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Cantor Clenilton Dias faz aniversário hoje

Cantor dos bons e segunda voz por excelência, Clenilton Dias é o aniversariante desta quarta-feira, 17 de abril.

Ele fez dupla com Leal Luz durante muitos anos, cantando nas festas de Cassilândia, do Estado, de Goiás, São Paulo e por aí afora.

Clenilton continua cantando e animando as noites da nossa terra.

Felicidade e longa vida!

Clenilton Dias

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Município de Cassilândia completará 70 anos dia 3 de agosto sem motivos para comemorar

O município de Cassilândia foi criado pela Lei 368, de 30 de junho de 1954, assinada pelo governador Fernando Correia da Costa, tendo como data de fundação o dia 3 de agosto daquele ano.

Hoje, em 2024, Cassilândia completará 70 anos de emancipação, desde que foi desmembrado do município de Paranaíba.

Governada pelo prefeito Valdecy Costa (PSDB), a população de Cassilândia não tem bons motivos para comemorar essa data, embora a administração municipal continue realizando festas e mais festas com recursos públicos.

Cassilândia tornou-se notícia na Imprensa estadual nos últimos tempos graças às derrapadas do prefeito e do seu aliado, o presidente da Câmara de Vereadores, Arthur Barbosa (União Brasil), que ficou famoso por não tratar bem o universo feminino, a exemplo da vereadora Sumara Leal (PP), com a sua famosa frase da “língua e do restante do corpo”, o que rendeu muita polêmica, pedidos de cassação de mandato e até de expulsão feita pelo seu próprio partido, o União Brasil.

Presidente se safou

Na sessão legislativa dessa segunda-feira, 15 de abril, o presidente Arthur Barbosa, depois de adiamento em cima de adiamento para “esfriar” a revolta das mulheres que iriam protestar na Câmara de Vereadores contra ele, acabou se safando e não foi aprovada a abertura do processo de cassação de seu mandato por crime político de gênero contra a mulher.

Votaram a favor da abertura do processo de impeachment do presidente os vereadores: Suplente Carlos Cordeiro (União Brasil); Peter Saimon (PP), Fernanda Messias (Republicanos) e Admilso Fião (PRD).

Votaram contra: José Martiniano (PSDB), Oba Oba (PSDB), Leandro Rosa (PSDB), Nelson Gomes (Republicanos), Luiz Fernando Oliveira (União Brasil), Zé Divino (PSDB) e Cleiton (PDT).

Prefeito Valdecy ficou famoso no Estado

O prefeito Valdecy Costa está famoso hoje em Mato Grosso do Sul, não necessariamente por façanhas positivas, mas por acusações graves de malversação de verbas municipais e outros indícios de irregularidades que tramitam no Ministério Público e no Judiciário, mesmo depois de ter “convidado” testemunhas a não deporem na CPI do Gramão, que terminou em pizza devido a manobras supostamente condenáveis e ao arrepio da lei.

Costa assumiu o município em junho de 2022 em decorrência do falecimento de Jair Boni Cogo, torrou mais de R$ 12 milhões deixados no caixa, contraiu dívida milionária a ponto de se safar graças a uma manobra clássica ao não fazer os devidos repasses à Previsca (órgão municipal que cuida da previdência dos servidores cassilandenses aposentados), chegando à espantosa quantia de R$ 6.760.993,53 (seis milhões, setecentos e sessenta mil, novecentos e noventa e três reais e cinquenta e três centavos), que, com aprovação pela Câmara de Vereadores, pode chegar a cerca de R$ 10 milhões graças a um parcelamento de 60 meses, isto é, cinco anos, para o contribuinte cassilandense pagar a conta, é claro, com juros e as devidas correções monetárias.

O prefeito Costa vem perdendo recursos no TJMS quanto a uma compra muito estranha de terreno margeado pelo Rio Aporé, o famoso “Brejão”, que seria resultado de um acerto de contas com servidora da Prefeitura, arrolada como testemunha na CPI do Gramão, com pagamento de quantia milionária (R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), uma espécie de “convite” para não ser realizado o depoimento, o que, de fato, acabou não ocorrendo.

Além da CPI do Gramão, Cassilândia enfrenta sérios problemas como vazamentos de água, falta de planejamento no sistema de esgoto, o transporte escolar na zona rural enfrenta dificuldades, reajuste de menos de 5% para servidores municipais, enquanto houve aumento abusivo para outros cargos como o de prefeito, vice, secretários etc.

Comemorar o quê?

Sem nenhuma obra importante para mostrar, o prefeito Valdecy Costa (PSDB) conta com os R$ 17 milhões oferecidos pelo governo do Estado para obras no parque industrial e de recapeamento de ruas, como um alívio em matéria de realizações eleitoreiras até as urnas de 6 de outubro.

Até a presente data o prefeito ainda não convenceu a população cassilandense a respeito de um governo desenvolvimentista que está atolado como se fosse um trator com sérios problemas no motor, no câmbio e nas rodas.

Como não se trata de um mágico, acredita-se que o prefeito irá encontrar muita resistência na hora de apresentar motivos para fazer novas festas – por sinal, matéria que ele aprecia e promove como poucos.

CORINO ALVARENGA

EDITOR DO CASSILÂNDIA URGENTE

Reprodução / Imagem meramente ilustrativa

Compartilhe:

Cassilândia Urgente: Ontem à noite choveu 54 mm em Cassilândia

De acordo com o Inmet, choveu ontem à noite, entre as 20h e as 21h, cerca de 54 mm, em Cassilândia, volume muito alto para tão curto espaço de tempo.

E a chuva deve prosseguir hoje à tarde e à noite com pancadas, de acordo com o serviço de meteorologia.

Cassilândia está entre os municípios em alerta no Estado.

Cai uma chuva fina nesta manhã na Praça São José, em Cassilândia.

Nos próximos dias o centro-sul de Mato Grosso do Sul receberá os maiores volumes, com acumulados acima de 70 mm. As precipitações serão mais localizadas.

Tudo isso devido a uma frente fria na região.

chuva forte e frente fria - guarda-chuva - inmet - chuvas -tempo

Reprodução / Imagem meramente ilustrativa

Compartilhe:

Adolescente é dopada e estuprada após ser enganada pelo amigo em MS

Imagem de compartilhamento para o artigo Adolescente é dopada e estuprada após ser enganada pelo amigo em MS da MS Todo dia

O adolescente, que é amigo da vítima, a convidou para ir a uma casa, onde morava o outro suspeito

Um homem foi preso e um adolescente apreendido ontem (15), suspeitos de doparem e estuprarem uma garota de 13 anos, no Bairro Santa Terezinha, em Três Lagoas.

Segundo o site Campo Grande News, o adolescente, que é amigo da vítima, a convidou para ir a uma casa, onde morava o outro suspeito. Ao chegar no imóvel, a menina foi dopada e estuprada.

Mesmo desorientada, a menina conseguiu tirar uma foto do suspeito. Após o crime, foi deixada em uma rua próxima de casa. Cambaleando, pediu ajuda a alguns amigos que estavam na vizinhança.

A Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram acionados e a adolescente encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para ser medicada.

Durante diligências, os suspeitos foram localizados. Com eles os policiais encontraram droga. Os dois foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas.

Foto: Rádio Caçula

Compartilhe:

Psicóloga morreu ao ser jogada do carro pelo próprio filho em rodovia de MS

Simone trabalhava como psicóloga em Três Lagoas

Jovem de 24 anos foi indiciado pela morte da mãe, a psicóloga Simone do Nascimento, de 46 anos, morta ao ser jogada do carro na na MS-320 em Três Lagoas, no último dia 7 deste mês, um domingo. Ele ainda dirigiu por aproximadamente 35 quilômetros, onde deixou o corpo da mãe com os avós maternos na cidade de Andradina (SP). Ela foi encaminhada para atendimento, porém veio a óbito. No dia, o rapaz foi preso em flagrante por embriaguez ao volante e omissão de socorro.

A DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) em Mato Grosso do Sul, concluiu nesta terça-feira (16), com apoio da delegacia de Polícia Civil de Andradina (SP), as investigações deste caso de feminicídio. Segundo a polícia, incialmente a ocorrência deu entrada com uma alegação de suicídio. O filho da vítima tinha informado que eles voltavam de um rancho em Três Lagoas para Andradina, quando a mãe teria se jogado do carro em movimento.

Porém, durante as investigações, foi apurado que ela sofreu o feminicídio praticado pelo próprio filho. O autor, que é usuário de drogas, foi visto no rancho, bastante alterado, discutindo com a mãe porque ele queria guiar o carro até a cidade.

“Nós localizamos testemunhas na rodovia MS 320, que liga a área rural onde eles estavam até a zona urbana de Três Lagoas, que viram esta vítima parada na rodovia. A testemunha parou também. A vítima pediu ajuda e disse que estava sendo agredida pelo filho. E a testemunha viu o filho pegando a vítima pelo braço, pela ela nuca colocando ela novamente dentro do carro, e seguiu o caminho. Quando a testemunha olhou pelo retrovisor, ainda viu a vítima engateando pela Rodovia. Depois, a última visão que se tem desta vítima, mais ou menos, em um raio de 8 km a frente, foram as outras testemunhas que viram o corpo dela caindo de dentro do carro onde ela estava”, contou a delegada Letícia Mobis, titular da DAM de Três Lagoas e responsável pelas investigações.

De acordo com a delegada, esses elementos juntos a outros fatos apurados na investigação, principalmente as lesões no corpo da vítima e o histórico do filho que já tinha passagem e prisão por ter agredido a mãe em 2022, levaram a polícia a desvendar o feminicídio. O caso foi encaminhado ao Ministério Público e ao Poder Judiciário para julgamento. Simone que trabalhava no Hospital Cassems em Três Lagoas, foi sepultada no último dia 9, em Andradina (SP).

Midiamax

 

Compartilhe:

VÍDEO: Mulher leva morto ao banco e tenta sacar empréstimo de R$ 17 mil

Ocorreu em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro (RJ)

Mulher foi presa por levar um parente que estava morto para fazer o saque de R$ 17 mil em um empréstimo bancário, durante a tarde desta terça-feira (16) em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro (RJ).

Vídeos nas redes sociais mostram a mulher carregando o suposto tio em uma cadeira de rodas, tentando fazer ele assinar um documento para concretizar o saque, publicou a CNN Brasil.

No vídeo, é possível ver que os funcionários da agência bancária, ao desconfiarem do estado de saúde do homem, passaram a filmar a cena.

No vídeo, a mulher simula uma conversa com o tio e tenta, sem sucesso, fazer o parente segurar a caneta. “Se o senhor não assinar, não tem como, eu não posso assinar pelo senhor”.

Em seguida ela diz: “O senhor segura a cadeira forte para caramba aí. Ele não segurou a porta ali agora?”. A mulher questiona às funcionárias, que afirmam não ter visto a situação.
As atendentes rebatem a mulher sobre o estado de saúde do homem, “ele não está bem, não. A corzinha não tá ficando”.

A mulher diz ao homem: “Ele não diz nada, ele é assim mesmo (…) Tio, você quer ir para o UPA de novo?”.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Fábio Luiz da Silva Souza, foi constatado que quando chegou na agência bancária para fazer o empréstimo, o homem já estava morto há algum tempo. Ele explicou a dinâmica do ocorrido.

“Lá ela tentou simular que ele fizesse um empréstimo que já tinha sido realizado. Porém as pessoas do banco acharam que ele estivesse doente, passando mal. O médico do SAMU, ao chegar ao local constatou que ele estava em óbito e aparentemente há algumas horas. Ou seja, já entrou morto no banco”.

De acordo o delegado, a mulher está sendo ouvida na delegacia de Bangu, região da agência bancária, e deve receber voz de prisão em flagrante assim que o depoimento for encerrado.

Fontes da polícia informaram que Érika deve ser indiciada por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio a cadáver. Se condenada, a mulher poderá ficar até 13 anos presa. (Informações/CNN)

Compartilhe:

À espera do frio, Mato Grosso do Sul tem mais de 50 milímetros de chuva em 24 horas

Chuva forte em Campo Grande (Ana Laura Menegat, Midiamax)

Cidades de Mato Grosso do Sul permanecem em alerta de chuvas intensas nesta terça-feira (16). Nas últimas 24 horas, o acumulado de chuvas indicou um índice acima de 50 milímetros, conforme previsto pelos avisos. A previsão da meteorologia é que frente fria derrube as temperaturas para 12ºC no Estado nos próximos dias.

A lista do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) aponta que Nova Alvorada do Sul foi o município mais chuvoso nas últimas horas, com 63,2 milímetros. Em seguida está Miranda (48 mm), Maracaju (46,4 mm), Dois Irmãos do Buriti (45,4 mm), Campo Grande (44,6 mm) e Bataguassu (27,6 mm). Segundo o monitoramento, a chuva será destaque nas regiões do Centro, Sul, Sudeste e Oeste do Estado, com acumulados que podem ultrapassar 50 mm em 24 horas. As instabilidades são favorecidas pela formação de nuvens e chuvas, impulsionadas por um ciclone extratropical sobre a Argentina que gera uma frente fria. BATANEWS/REDAçãO

Compartilhe:

Covid-19: MS confirma 260 novos casos da doença na última semana

Teste de covid

Teste de covid

Mato Grosso do Sul já registrou mais de 8,8 mil casos de Covid-19 em 2024. Desses, 262 novos casos foram confirmados na última semana. Os dados são do Boletim Epidemiológico da Covid-19, publicado nesta terça-feira (16). Camo Grande lidera com mais casos nos últimos sete dias.

Conforme ainda o levantamento, o número de mortes em decorrência da doença se mantiveram estáveis, em 56 casos. A taxa de letalidade no Estado atualmente é de 0,8%.

Em relação aos municípios, foram confirmados 113 casos na Capital, 66 em Dourados e 49 em Aral Moreira. Os demais municípios registraram menos de 10 casos cada, no entanto, é importante destacar que não há realização de testes amplamente como antes.

Em MS, a doença, que gerou uma pandemia global, fez 11,2 mil vítimas fatais com 633 mil casos confirmados desde 2020.

A vacinação segue nos municípios do Estado. JD1Noticias

 

 

 

Compartilhe:

Peça de caminhão se solta, atinge carro e mata engenheiro em MS

Peça de caminhão se solta, atinge carro e mata engenheiro em MS
Carro de Diogo foi atingido em cheio por uma peça que se soltou do caminhão / Redes sociais

O engenheiro-agrônomo, Diogo Nantes de Silva, de 32 anos, morreu em um trágico acidente, que ocorreu na manhã desta segunda-feira (15), na MS-164, em Ponta Porã, distante a 334 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações, Diogo conduzia um veículo Fiat/Strada, quando uma peça de um caminhão se soltou a atingiu violentamente o carro e causando a morte do jovem.

Ao ouvir o barulho do acidente, o motorista do caminhão parou imediatamente o veículo de carga pesada e foi informado por populares sobre o ocorrido.

Uma equipe da Polícia Civil, da Polícia Militar e Perícia Técnica estiveram no local. As circunstâncias do acidente estão sendo investigadas.

Conforme apurado, Diogo Nantes é de família tradicional de Nova Andradina e havia se mudado para Ponta Porã há 3 anos. O caso é tratado como homicídio culposo.

Top Mídia News

Compartilhe:

Ônibus com 39 passageiros sai da pista e cai em barranco na BR-060, em Jataí

Ônibus com 39 passageiros sai da pista e cai em barranco na BR060, em Jataí
Imagens: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros de Jatai  foi acionado por volta das 04h40 de domingo (14/04) para atender a uma ocorrência de saída de pista.

De acordo com a TV Anhanguera, a suspeita é de que o motorista tenha adormecido ao volante, resultando na saída do ônibus da pista e sua queda em um barranco. O ônibus interestadual seguia de Jataí para Rio Verde, na BR-060.

Dos 39 passageiros envolvidos no acidente, três tiveram ferimentos leves e foram levados pelos bombeiros para o Hospital Estadual de Jataí. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal esteve no local para auxiliar no atendimento.

Rota Policial Notícias

Compartilhe:

Trabalhador rural é morto com facada no peito e colega é preso

Faca usada no crime foi apreendida pela Polícia Civil (Foto: Divulgação | PCMS)

Marcos de Oliveira Ximenes, 48 anos, foi encontrado morto com uma faca crava no peito em uma propriedade rural na cidade de Dois Irmãos do Buriti, distante 116 quilômetros de Campo Grande. O colega da vítima Elson Gonçalves da Silva, 49 anos, foi preso após confessar o crime. O caso aconteceu no último sábado (13), mas só foi divulgado nesta segunda-feira (15).

De acordo com o boletim de ocorrência, Marcos e Elson trabalhavam e moravam juntos na propriedade e dias antes do crime, a vítima teria contatado que matou o cunhado do autor. Ele ainda teria provocado o colega chamando-o de covarde por não tomar nenhuma atitude mesmo sabendo do fato.

Os dias se passaram e, na noite de sábado, após passarem o dia bebendo juntos, Marcos levou para casa um porrete de madeira e deixou Elson desconfiado. O autor então esperou o colega dormir, pegou o objeto e deu três golpes na cabeça da vítima.

No entanto, para garantir que o colega estava morto, Elson pegou uma faca e cravou no peito de Marcos. Em seguida, ele procurou outros funcionários da fazenda e confessou o crime. Equipe da Polícia Civil foi acionada e o autor preso em flagrante. O caso segue sendo investigado. BATANEWS/CGNEWS

Compartilhe:

Preparem-se para o frio! Primeira frente fria chega nesta sexta com mínima de 12°C em MS

Primeiro frio do outono 2024 em MS

Primeiro frio do outono 2024 em MS

Pode comemorar, ou não, pois o primeiro frio do ano em Mato Grosso do Sul está logo aí. A primeira queda na temperatura será registrada nesta sexta-feira (19), com mínimas de 12°C e 13°C nos municípios do extremo sul de MS.

De acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul), a massa de ar frio de origem polar, responsável pelo primeiro frio do outono de 2024, chega ao País pelo interior do continente, o que aumenta o poder de resfriamento e facilita o espalhamento do ar frio por áreas do Estado.

“O destaque para a semana em MS é a ocorrência de chuvas significativas, com acumulados acima de 50 mm por dia, devido ao avanço de uma frente fria. E, posteriormente, após a passagem da frente fria observa-se declínio nas temperaturas, com valores entre 13-16°C, com destaque na região sul do Estado”, explica o Centro de Monitoramento.

A previsão, entre esta quarta (17) e quinta-feira (18), com o avanço da alta pós-frontal, ou seja, a massa de ar mais frio após a frente fria, indica tempo com sol e variação de nebulosidade, principalmente na região sul do Estado. Nas demais regiões de MS, não se descartam pancadas de chuvas e tempestades, principalmente na quarta-feira.

Conforme ainda o Cemtec, essas instabilidades atmosféricas ocorrem devido o avanço da frente fria pelo Estado.

Apesar da expectativa para o frio, em Campo Grande são esperadas mínimas entre 16-22°C e máximas entre 27-30°C. Os ventos atuam do quadrante sul com valores entre 30-50 km/h e, pontualmente, podem ocorrer rajadas de vento acima de 50 km/h.

“Após o período de chuva, no decorrer da semana, haverá uma queda não acentuada nas temperaturas, principalmente no sul do Estado. Com isso, na Capital, as manhãs serão levemente frias”, afirmou o meteorologista Natálio Abrahão.

No primeiro período (15 a 23 de abril) são esperados acumulados de chuvas entre 60-100mm, principalmente nas regiões central, norte e sul de MS. Já no segundo período (23 de abril a 1º de maio), são previstos acumulados de chuva entre 10-30mm, com destaque nas regiões sul e sudeste do Estado. JD1 Notícias

Compartilhe:

Madrasta que matou menina de 7 anos com golpes de martelo é condenada em MS

Imagem de compartilhamento para o artigo Madrasta que matou menina de 7 anos com golpes de martelo é condenada em MS da MS Todo dia

O caso aconteceu em agosto de 2022, e a autora passou por julgamento esta semana

Gislaine Viegas de Souza foi condenada a 12 anos e seis meses de prisão por matar a enteada de apenas 7 anos com golpes de martelo, em Dourados.

O caso aconteceu em agosto de 2022, e a autora passou por julgamento esta semana.

Segundo o Campo Grande News, no dia 1º de agosto daquele ano, a menina estava brincando no quintal da casa quando foi agredida pela madrasta com dois golpes de martelo na cabeça.

A criança chegou a ser levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas sofreu uma parada cardiorrespiratória durante atendimento e morreu.
Inicialmente, a informação era de que a menina havia caído de um banco, no entanto, a equipe médica constatou que os hematomas e lesões não eram compatíveis com a queda.

O caso passou a ser investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil da cidade e ficou comprovado que a criança havia sido golpeada pela madrasta. Gislaine foi presa no dia 11 de agosto do mesmo ano.

Não foram divulgados detalhes do processo. De acordo com o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), o promotor de justiça Luiz Eduardo de Souza Sant’Anna Pinheiro sustentou a condenação da mulher por homicídio torpe e cruel contra a menina.

O Conselho de Sentença, por maioria de votos, reconheceu a materialidade e autoria do crime condenando a acusada. A sentença é assinada pelo juiz Ricardo da Mata Reis.

Foto: Adilson Domingos

Compartilhe:

Ex namorado ameaça jogar gasolina e atear fogo em mulher em Cassilândia

Imagem Ilustrativa

Uma mulher de 40 anos foi ameaçada de morte pelo ex-namorado, conseguiu correr e pedir ajuda na casa de uma amiga na cidade de Cassilândia.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher disse que namorou um ano com o suspeito.

Ela afirma que estava em casa, quando o homem começou a proferir ameaças.

Ele chegou no local pedindo para reatar o namoro. Diante da negativa, o suspeito disse que ia comprar gasolina para atear fogo e matar a vítima.

Ela conseguiu correr e pedir ajuda da amiga, que acionou a Polícia Militar.

Rondas foram realizadas, mas o suspeito não foi localizado.

O caso será investigado.

Fonte: MS Todo Dia

Compartilhe:
Compartilhe: