Gente de Cassilândia: Odenir “Toicinho”, o homem que vive de consertar cadeiras de fio

“Toicinho” e os fios da cadeira de balanço

“Toicinho” é o apelido carinhoso de Odenir José Freitas Rezende, que trabalha e mora ali na Rua Sebastião Leal, 1278, na Vila Pernambuco, por horas a fio – a fio literalmente, pois é o fio de plástico que recobre o metal das cadeiras de descanso que o cassilandense tanto gosta. E nosso homem das cadeiras de fio atende também pelo celular: 98170-9661.

De manhã bem cedo é possível ver o Odenir fazendo caminhada pela Avenida Juracy Lucas, ali perto de sua casa e atelier das cadeiras de fio.

Uma cadeira nova custa um preço entre R$ 80,00 e R$ 120,00 e as pessoas acabam preferindo consertar quando alguma delas tem o fio arrebentado pelo peso de quem, de tanto sentar e com tanto peso, um dia o assento não aguenta. Não aguenta e arrebenta.

O conserto fica por volta de R$ 30,00 ou R$ 40,00, bem mais em conta do que o preço de uma cadeira nova.

Quando o metal quebra, ele também dá um jeito, faz a solda, faz a pintura, troca os fios e a cadeira fica novinha em folha. Melhor, em fio.

O perseverante “Toicinho” está sempre lá trabalhando, trabalhando. E o seu trabalho garante o descanso de muitos clientes, principalmente nestas tardes e noites quentes sob as varandas e árvores frondosas, onde familiares põem a conversa em dia.

Odenir, o “Toicinho”, é gente de Cassilândia.

Compartilhe:
Posted in Noticias.

Deixe uma resposta