Homem é condenado a indenizar em R$ 3,9 mil a ex agredida

Julgamento do caso de violência doméstica ocorreu ontem, em Costa Rica

Depois de ficar dois meses preso por violência doméstica, homem identificado apenas como W.S.R foi condenado a pagar R$ 3.992 de indenização para a ex-mulher que ele agrediu, na cidade de Costa Rica. A sentença foi proferida pelo juiz da 1ª Vara do município, Francisco Soliman, após julgamento realizado nesta quinta-feira (11).

Segundo o site MS Todo Dia, o crime ocorreu no dia 7 de janeiro. Por volta das 16 horas o casal voltava para a casa, no bairro Flor do Campo, no automóvel da família, quando houve desentendimento. Na ocasião, o homem passou a se comportar de forma agressiva e ameaçou a mulher, fazendo manobras bruscas com o veículo.

Já na casa, o homem avançou contra a vítima e pegou ela pelos braços com força, e só não continuou com as agressões porque os filhos pediram para que parasse. Ele tem prazo de oito dias para recorrer. De acordo com o juiz, o julgamento ocorreu ontem, demonstrando celeridade da justiça em resolver casos de violência contra a mulher.

“O acusado ficou preso por dois meses, vai poder recorrer em liberdade, mas vai ter obrigação de indenizar a vítima, estão mantidas as medidas que proíbem ele de manter contato com a ex-companheira. Então essas medidas acabam sendo eficientes para evitar novos delitos relacionados à violência doméstica”, MS Todo Dia.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *