Jornalista e poeta Auci Corrêa Fernandes escreve o poema “Fé”

Fé, eu tenho
Mas, não é do tamanho
De um grão de mostarda,
Por isso, não remove montanhas.

Fé, eu tenho, mas, é pouca,
Para prover qualquer
Tipo de milagres,
Dá apenas para sobreviver.

No meio do vendaval
Vou de um lado para outro
Como paina, vagando de um lado para o outro
Não chegarei a lugar algum.

Deus é misericordioso, bondoso
Não vai olhar para o tamanho da minha fé
Fará um milagre na minha vida,
E mudará o meu destino.

Auci Corrêa Fernandes é jornalista, escritor e poeta em Aparecida do Taboado – MS.

Auci Corrêa Fernandes

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *