Garota de programa encontrada morta foi vítima de latrocínio, diz polícia

Segundo apurado na investigação, Rodrigo de Souza Martines, 28, autor do crime, morador em Itaporã, foi a Dourados e contratou os serviços da garota de programa, com quem ele já tinha mantido programa sexual.

No dia do crime, de acordo com o site O Progresso, Rodrigo contou que Mayara deixava a carteira com dinheiro à mostra no quarto onde recebia os clientes e por isso, decidiu roubá-la. No local, Mayara morava com uma amiga, também garota de programa, que chegou a ser presa por tráfico de drogas.

Do local, segundo a polícia, ele levou dois celulares e a carteira da vítima, que tinha R$ 500, dinheiro Mayara foi encontrada morta no quarto do imóvel onde morava, no chão, ao lado da cama, com o travesseiro sobre o rosto. Ela foi agredida na face e no pescoço, além de ter sido esganada e asfixiada com o travesseiro. Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *