PRF explica o motivo da detenção de motorista na BR 158

Confira o boletim de ocorrências divulgado pela Polícia Rodoviária Federal, com base em Paranaiba, atendendo a Br 158.

“Por volta das 02h10min., a equipe PRF encontrava-se realizando fiscalização na rodovia Br 158, altura do Km 91, próximo a rotatória de acesso a Br 497, momento em que avistou veículo automóvel Peugeot/207hb Xr, de cor prata com 4 (quatro) ocupantes. Realizou-se a abordagem do veículo, de pronto, quando notou-se que havia muitas bebidas alcoolicas e energéticos no interior do automóvel, além disso, o condutor do veículo, o autor L., apresentava comportamento alterado, estava bastante agitado. Então confessou que estava portando uma arma de fogo na sua cintura, se trava de um revólver calibre .32, acabamento oxidado, com cabo de madre pérola, municiado com três projéteis intactos, no entanto, duas dessas munições estão picotadas na espoleta, sinal, que houve o acionamento do gatilho, porém, o disparo não ocorreu. Em razão do comportamento bastante alterado do autor, tal como, muito agitado, falante, dispersivos, hálito etílico e equilíbrio anormal, questionamos ele se havia feito uso de bebida alcoolica e outras substâncias, tendo confirmado que havia ingerido cerveja e fumado maconha, no entanto, recusou-se a realizar o teste do etilômetro.O autor não apresentou sua habilitação para conduzir veículos automotores, sendo que ao realizar consulta no sistema PRF, constatou-se que existe informação de que sua CNH está suspensa. Diante de todos esses fatos, foi dada voz de prisão ao autor e ele foi encaminhado até a Primeira Delegacia de Polícia de Paranaíba.
Enquadramento(s): porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, embriaguez ao volante, violar a suspensão do direito de dirigir ou de se obter a permissão”. Cassilândia Notícias

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *