Cassilândia: Crônica do advogado Ivan Pinheiro sobre Lula e o seu filme polêmico

Advogado Ivan Fernando Gonçalves Pinheiro

O CASSILÂNDIA URGENTE escreveu uma matéria comentário sobre Lula e seus atos de desonestidade e corrupção desde criança (Leia aqui) e o advogado cassilandense Dr. Ivan Pinheiro* escreveu artigo pertinente e ora publicado abaixo.

“Corino Rodrigues de Alvarenga é gênio, (escritor e cineasta), vivendo no ostracismo do interior desse imenso Brasil. Igual à Mario de Andrade e Oswalde de Andrade, Corino enveredou-se pelos Sertões do Nordeste, conhece como poucos a cultura e os costumes daquele gente sofredora, que segundo um visionário, nordestino acima de tudo é “UM FORTE”. Ter conhecimento e uma visão prática da realidade do povo nordestino credencia Corino Rodrigues de Alvarenga a fazer essa belíssima hermenêutica do perfil psicológico e sociológico dessa figura emblemática que atende pela alcunha de Lula. O que nos parece, pela leitura da matéria da lavra do Corino, quando ele interpreta o roteiro do filme “Lula do Filho do Brasil”; o melhor título para o filme seria, “Lula o FDP”. Isso porque, o perfil e a má índole do Lula não foram construídos pelo meio ambiente onde nasceu e viveu. Trata-se de uma personalidade maligna nata, voltada para o ilícito, fatos contado pelo próprio Lula como se isso fosse natural. Como jurista, estudei várias correntes doutrinárias do Brasil e do mundo, referente a criminologia, que explicasse se a tendência do ser humano para o crime é casual ou é índole nata. Os grandes tratadistas do direito internacional penal clássico, com os itelianos, Carrara, Ferri e Lombroso, nos orienta sobre o presente caso. Lombroso afirmava nas suas obras que o indivíduo nasce com caracteristas físicas que indicam sua índole para o crime e a perversidade. Constatei esse verdade na prática da advocacia à mais de trinta anos de efetivo exercício, principalmente quando visitava os presídio e observava os condenados. Não vou aqui, descrever as característica física de um Lombrosiano, pelo termor de desagradar algum leitor que se sinta enquadrado nesse perfil físico descrito por Lombroso. Apenas para ilustrar, dentre as diversas características física que identificam um indivíduo com a índole voltada para o crime, Lombroso afirmava que, todo homem tem uma cavidade no seu crânio, sendo ela menos acentuada ou mais acentuada. O tamanho da cavidade craniana é que define como sendo a “CAVIDADE DA PERVERSIDADE”. Tempos passado, assisti um filme sobre o cangaço, o chefe da volante examinava a cabeça do cangaceiro, procurando a “CAVIDADE DA PERVERSIDE”, de que falava Lombroso. Achou, é claro. Aqui entre nos, Lula é o protótipo lombosiano, não precisa medir o tamanho de sua cavidade craniana de que fala Lombroso. E quanto a você amigo Corino, certa feita você pareceu no meu escritório com o cabelo raspado e não tirava o boné da cabeça. Por um descuido o boné caiu e eu pude ver a cavidade acentuada no seu crânio. Não tive a liberdade de apalpar para saber o tamanho da cavidade. Fiquei com dúvida. Nesse caso “IN DUBIA PRO REO”.”

*Dr. Ivan Fernando Gonçalves Pinheiro é advogado, professor universitário, grau 33 na Maçonaria e membro da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul, mas acima de tudo é um cassilandense por adoção e coração. O seu escritório fica na Rua Amin José, no centro de Cassilândia, e faz parte do contexto sócio-cultural da Cidade Sorriso, pois está aqui desde os anos 70, com direito a título de Cidadão de Cassilândia e de Mato Grosso do Sul, homenagens da Câmara de Vereadores e Assembleia Legislativa.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta