Gente de Cassilândia: Ari Morais, um gerente de loja aposentado que virou vendedor de rua

Arissone, o Ari das redes e dos tapetes

O goiano de Jataí, Arissone Bernardes Morais, o Ari, é o típico brasileiro batalhador que precisa continuar trabalhando para complementar a aposentadoria.

Ele vende redes, tapetes, camisas de time de futebol e até amendoim torrado ali na Avenida Presidente Dutra em frente a Previsca, em Cassilândia.

Ari chegou aqui em 1991 no cargo de gerente da loja de móveis Estrela depois de ter passado por Caçu, em Goiás.

A loja mudou de nome para Eletrokasa e funciona no centro da cidade, tendo Cardoso como gerente.

Aposentado em 2009, passou a vender roupas e acessórios na cidade e na feira livre aos domingos.

Ari deixou de fazer a feira e trabalha na cidade de segunda a sábado. Para um aposentado, nada mais justo do que o descanso dominical.

Mas Ari gosta de trabalhar. “Eu não aguento ficar sem fazer alguma coisa, pois se homem parar, morre”, diz.

O que ele mais vende em sua banca improvisada? Acredite: amendoim torrado.

Ari é casado e tem três filhos.

Ele é gente de Cassilândia. Da Reportagem Local e Redação

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta