Polícia do Brasil investiga médico e professor universitário que espancou aluna e ex-namorada na fronteira

Médico teria mandado ela sair da cidade

Uma estudante brasileira de medicina, de 21 anos, procurou a delegacia de polícia em Pedro Juan Caballero, na fronteira para denunciar o ex-namorado, que é médico e professor dela na universidade, por agressão.

A jovem contou que no último domingo foi espancada pelo médico que não aceitava o fim do namoro. Ela contou que foi arrastada pelas ruas da cidade e espancada com socos e chutes pelo professor e ex.

Ele ainda teria feito ameaças de morte a estudante, que foi até a polícia para pedir proteção já que está com medo de voltar a frequentar as aulas da universidade, onde cursa o quinto ano, segundo o site Ponta Porã Informa.

A vítima ficou com vários hematomas pelo corpo. Não há informações se o médico foi encontrado e levado para a delegacia para os esclarecimentos do fato. Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *