Grávida do 2° filho, mulher expulsa marido de casa ao ouvir da filha de 5 anos que ele a estuprava, diz polícia

Uma mulher de 29 anos expulsou o marido de casa, do bairro Moreninha IV, região sul de Campo Grande, após a filha dela denunciar que estava sendo estuprada pelo próprio pai. A denúncia chegou ao conhecimento da polícia nessa segunda-feira (11) e todos os envolvidos prestaram depoimento, incluindo o policial que foi ao imóvel e prendeu o suspeito.

“Nós ouvimos a mãe, que é dona de casa e está grávida do 2° filho do casal, além do companheiro e a criança de 5 anos. Ela foi ouvida pelo setor psicossocial da Depca [Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente] e afirmou que houve toques, abusos. Já a mãe disse que a criança contou pra ela e, em seguida, o pai fez ameaças”, afirmou ao G1 a delegada Marília de Brito, responsável pelas investigações.

Questionado sobre os fatos, o pai, que é um auxiliar de serviços gerais e atendente de telemarketing, de 26 anos, negou o crime. “Ele disse que não fez nada, porém, foi indiciado e responde em liberdade por estupro de vulnerável. A mãe comentou com algumas pessoas e houve denúncia na Polícia Militar, quando os militares foram lá verificar a situação. Estamos com as buscas bem adiantas e aguardando o laudo de corpo de delito”, ressaltou Brito.

O crime de estupro de vulnerável é considerado crime hediondo, com pena que varia de 8 a 15 anos de reclusão. G1

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *