Publicitário é autuado em operação da PMA por pescar em local proibido

Multa é de R$ 700 e responderá por crime ambiental

Um publicitário, de 35 anos foi autuado em R$ 700 nesta semana pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Jardim após estar pescando em local proibido na corredeira do rio Miranda, já no município de Bonito, distante a 298 quilômetros de Campo Grande. A fiscalização aconteceu durante a operação Padroeira do Brasil.

Na corredeira Santa Helena, os policiais abordaram o pescador que estava munido com um molinete com vara que foi apreendido pelos militares. Embora estivesse no local, o homem não conseguiu fisgar nenhum peixe.

De acordo com a PMA, as normas proíbem a pesca a 200 metros das cachoeiras e corredeiras, pois é alta a vulnerabilidade dos cardumes nesses locais dos rios. Além de ser multado, o publicitário responderá por crime ambiental e poderá pegar pena prevista de um a três anos de detenção. Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *