Cassilândia: Fazendeiro é multado em R$ 145 mil por deixar gado sem pastagem

17 reses estavam mortas por desnutrição

Um fazendeiro de 63 anos, foi multado nesta quinta-feira (16), pela PMA (Policia Millitar Ambiental) de Cassilândia, por maus tratos a animais. Ele teria deixado o gado sem pastagem ou qualquer outro alimento, e sem água em uma propriedade no município de Paranaíba.

Segundo a PMA, o fazendo seria residente em Três Lagoa, e os policiais foram ao local na quarta-feira (15) e nesta quinta-feira. Na propriedade a equipe verificou que a pastagem estava totalmente degradada, em grande parte apresentando somente terra sem grama, onde o gado não conseguia mais retirar alimento. Além disso, eram 270 cabeças de gado, muitos animais para o tamanho da área.

Foram encontradas 17 reses mortas pela desnutrição, e os outros ainda extremamente debilitados, alguns não conseguiam sequer levantar do chão.

Os policiais tentaram contato com o proprietário, sem sucesso, e foram informados que há mais de três meses não aparece ninguém na propriedade. A sede da fazenda também estava abandonada e deteriorada.

O gado foi apreendido e a IAGRO (Agência Sanitária Animal e Vegetal) acionada para as providências relativas aos animais.

Vale lembrar que, ele também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais, com pena de três meses a um ano de detenção e por degradação de área protegida de preservação permanente, com pena prevista CE um a três anos de detenção.

Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *