Homem é vítima de tentativa de homicídio em boate localizada na Vila Pernambuco

I. F. A., 57 anos, foi preso em flagrante por tentativa de homicídio contra V. C. da R., 40 anos, na rua Vanderlan Lima, em uma boate conhecido como “Boate das Loiras”, localizada na Vila Pernambuco em Cassilândia (MS).

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 23h40min a PM foi informada pela central de atendimento 190, por meio de uma denúncia anônima, que na Casa Noturna Boate das Loiras, localizado na Rua Vanderlan Lima, cno bairro Vila Pernambuco, um indivíduo aparentando estar vestindo uma camisa xadrez de cor vermelha e branca, golpeou com uma faca o pescoço de outro indivíduo e evadiu-se do local em seguida.

Durante o deslocamento até o local, a PM foi informada pela central que a vítima teria sido socorrida por testemunhas até a Santa Casa, para atendimento médico e o suspeito teria se evadido.

Realizaram diligências em busca do suspeito com as características informadas, porém, não foi encontrado.

Em seguida deslocaram até a Santa Casa para colher mais informações, onde encontraram uma testemunha, que foi responsável pelo transporte da vítima até a Santa Casa.

A testemunha informou que no momento dos fatos estava em sua residência, quando recebeu uma ligação de uma das mulheres da Boate informando o ocorrido, momento que deslocou até o local e prestou socorro à vítima.

A testemunha disse ainda que o suspeito é frequentador antigo da boate e poderia estar hospedado em um hotel. Ele foi encontrado no referido hotel.

Em sua cintura foi localizado um canivete com marcas de sangue, supostamente da vítima. Dessa forma, o suspeito foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil, sendo entregue com algumas lesões antigas na perna direita, juntamente com o canivete apreendido.

Durante a elaboração do B.O, outra testemunha compareceu na Santa Casa informando que a vítima e autor são frequentadores assíduos na Boate e o desentendimento entre as partes teria ocorrido pelo fato que a Boate fora fechada e o suspeito se recusava a ir embora.

Após insistência das mulheres o suspeito concordou em ir embora, porém ficou escondido na parte externa próximo ao portão do estabelecimento, quando a vítima, que estava hospedada em um dos quartos da Casa Noturna, foi trancar o portão, foi surpreendida por ele.

O médico que atendeu a vítima relatou que o corte da vítima foi grave e atravessou a traqueia da vítima vindo a perder muito sangue, porém, não corre risco de morte.

O suspeito estava muito embriagado, forte odor etílico.

As informações são da Polícia Civil de Cassilândia. CassilândiaNotícias

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *