Raio-x do voto: Reinaldo venceu em 66 cidades, Mochi em sete e Odilon em 5

Raio-x do voto: Reinaldo venceu em 66 cidades, Mochi em sete e Odilon em 5

Reinaldo Azambuja e Odilon Oliveira

A geografia das urnas em Mato Grosso do Sul, que terá segundo turno para governador em 28 de outubro, mostra que Reinaldo Azambuja (PSDB), candidato à reeleição, venceu em 66 cidades, incluindo Campo Grande, que é maior colégio eleitoral do Estado.

Também no segundo turno, o juiz federal Odilon de Oliveira (PDT) foi vencedor em cinco municípios, com destaque para Dourados e Três Lagoas, respectivamente, a segunda e a terceira maior cidade de Mato Grosso do Sul. Ele ainda venceu em Aparecida do Taboado, Paranaíba e Glória de Dourados. Neste primeiro turno, Azambuja teve 44,61% dos votos e Odilon chegou a 31,62%.

Terceiro colocado, Junior Mochi (PMDB) venceu em sete cidades, principalmente na região Norte, onde tem base política, portanto, seu apoio deve ser o fiel da balança no segundo turno. O emedebista teve mais votos dos que os concorrentes em Costa Rica, Coxim, Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste, Sonora, Camapuã e Paraíso das Águas. Humberto Amaducci (PT) também venceu em casa, no caso, a cidade de Mundo Novo.

Tucano – Reinaldo venceu em Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antonio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Caracol, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Eldorado, Fátima do Sul, Figueirão, Guia Lopes, Iguatemi.

Além de Inocência, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos e Vicentina.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *