Cassilândia: A onda agora é furtar comida na geladeira

O “mão de gato” fez o limpa na geladeira

O caso precisa ser estudado mais a fundo pela polícia. Ou pela Nasa. Não dá para entender. Por que furtar comida em geladeira, armário ou dispensa? É fome ou é cleptomania? Ou é falta do que fazer? Vai saber…

Esses casos se tornaram corriqueiros em Cassilândia e a vítima da vez é a pessoa de iniciais L. S. D., de 34 anos, moradora na Rua Acyr Barbosa Sandoval, na Vila Izanópolis, em Cassilândia.

Ela contou à polícia que saiu de sua casa para ir visitar a avó, por volta das 16h30 dessa quarta-feira, 21 de fevereiro, Ao retornar para casa, a porta dos fundos estava aberta e ela percebeu a falta de alimentos que estavam em sua geladeira.

Até parece que o Brasil virou uma Venezuela, mas só parece, afinal de contas não há desabastecimento por aqui e, pelo jeito, o que está ocorrendo é que o mundo do crime vive uma crise. Durma-se com um barulho desse…

A Polícia Civil investiga para chegar ao larápio esfomeado.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta