Acusado do assassinato no Bar Querência já tem imagem conhecida da Polícia. Baixinho Pintor não será sepultado em Chapadão do Sul

A Polícia Militar  de  Chapadão do Sul  já tem a imagem do homem esfaqueou Francisco Rogério Fernandes Carias (35) conhecido por Baixinho Pintor e fugiu na tarde de domingo. Segundo o Boletim de Ocorrência a guarnição da PM se deslocou até o Bar Querência onde ocorreu o esfaqueamento e ainda encontrou a vítima com vida. O autor chegou de repente e atacou Francisco sem dar chance de defesa e saiu correndo  em direção a um mato alto existente nas proximidades de um valão onde desapareceu.

Os policiais chegaram a fazer uma varredura, mas sem êxito. Quando eles voltaram ao local o Corpo de Bombeiros já estava na área do crime e confirmou o óbito. O acusado de matar Francisco é conhecido por “Gordo” e está foragido. O pintor não será sepultado em Chapadão do Sul. Segundo fontes estava separado da família e vivia com uma amigo na cidade. O local do enterro ainda não foi confirmado, mas sabe-se que será num Estado nordestino.

O crime é característico de acerto de contas entre desafetos. O ataque foi fulminante, preciso e sem chance de defesa da vítima. Aparentemente o agressor sabe usar bem a faca e foi  mortal nos pontaços que atingiram o peito, a cabeça e a nuca de Francisco. A Polícia Judiciária foi acionada para dar continuidade nos procedimentos judiciários. Chapadense News

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta