Maldade! Motorista atropela e arrasta cadela pela rua

Câmeras de segurança registram atropelamento de cachorra

Câmeras de segurança de uma residência registraram o momento em que uma cachorra vira-lata é atropelada e arrastada por um carro na área central de Angatuba (SP). (Veja o vídeo acima)

Segundo relato de testemunhas, o atropelamento aconteceu na quinta-feira (7), mas as imagens foram divulgadas nesta segunda-feira (11).

No vídeo, é possível ver o momento em que um carro preto aparece na rua Salvador Rodrigues dos Santos já arrastando o animal, que acabou preso em um dos pneus da frente.

Por outro ângulo é possível observar que, depois de arrastar o cão por vários metros, o motorista chega a parar o veículo na esquina, mas resolve seguir em frente e passa por cima da cadela.

O animal fica no meio da rua e o motorista foge sem prestar socorro. Com muita dificuldade, a cadela se arrasta até chegar perto da calçada.

Estado de choque

De acordo com moradores que viram o atropelamento, uma mulher que passava de carro socorreu a cachorra, levou para uma clínica veterinária e conseguiu localizar a dona da vira-lata, que mora perto de onde aconteceu o acidente.

Segundo o veterinário Fábio Peron, a cachorra chegou com várias fraturas e em estado de choque.

“O animal veio com algumas fraturas e em choque. O primeiro procedimento foi tirar a cachorra deste estado. Contemos os sangramentos, feridas e estabilizamos os ferimentos nas primeiras 24 horas. Agora vai precisar de um acompanhamento”, diz.

A técnica em segurança do trabalho Letícia Branco mora próximo do local onde foi registrado o acidente e conta que ficou assustada com a cena.

Animal foi atropelado e arrastado em Angatuba (Foto: Reprodução/Câmeras de segurança

“Eu achei horrível. Acho que a pessoa poderia ter parado. Ele veio arrastando desde a rua de cima”, diz.
A dona do animal foi encontrada e o caso será registrado na delegacia. De acordo com a Polícia Civil, o motorista pode ser autuado por maus-tratos. G1

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta