História de amor de manicure de Campo Grande por Variant 1970 contada no G1 vai parar no ‘Lata Velha

Manicure Karen Campos abraça o apresentador Luciano Huck, do Caldeirão, durante a gravação do quadro ‘Lata Velha’ que foi apresentado neste sábado (9) (Foto: Reprodução/TV Morena)

A história de amor da manicure Karen Campos por sua Variante 1970, que foi contata em uma reportagem do G1 de Mato Grosso do Sul, pela jornalista Gabriela Pavão, em maio deste ano, foi parar no quadro “Lata Velha”, do Caldeirão, da Rede Globo.

Apaixonada por carros antigos e pelo estilo vintage, a manicure, na época da publicação da matéria no G1, chegou a fazer uma campanha nas redes sociais em busca de clientes, para ter dinheiro para arrumar seu carro, apelidado carinhosamente de “Dona Variant”.

O programa deste sábado (9), mostrou a visita do apresentador Luciano Huck e da jornalista Gabriela Pavão a Karen, em setembro deste ano. Depois retratou o processo de reforma completa do carro, a prova que ela teve de superar para recuperá-lo, apresentar a música Dancing Queen, do ABBA, e o reencontro com seu objeto de amor, totalmente recuperado.

A manicure também recebeu da empresa Eudora um curso de maquiagem, em São Paulo.

Em setembro, logo após conhecer a história de Karen, Huck disse ao G1 sobre como a história da manicure o impactou.

Manicure Karen Campos recebe sua Variant 1970 totalmente reformada no ‘Lata Velha’ do Caldeirão (Foto: Reprodução/TV Morena)

“Muito legal. Contar a história de uma manicure vintage que tem uma Variant 1970, que tinha um carro quase novo, trocou por uma Variant 1970, porque ela quer ser uma manicure vintage. A história é bacana. É legal quando a gente sai um pouco desse eixo Rio-São Paulo e consegue construir os personagens fora desse eixo. Eu gosto de rodar o Brasil e estar aqui no Mato Grosso do Sul pra contar uma história para o Brasil todo é legal”, destacou.

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta