Inocência: Vaqueiro cassilandense morre ao ter pescoço quebrado em acidente com moto, égua e bezerro em fazenda

Wilian Rodrigues da Silva, de 24 anos, nasceu em Cassilândia e morreu em Inocência em acidente inusitado ao lidar com bezerro e égua em fazenda

A redação do Cassilândia Urgente recebeu a informação da morte de um jovem de 24 anos, Wilian Rodrigues da Silva, nascido em Cassilândia, filho de Gilmar Aparecido da Silva e de Tânia Rodrigues, na tarde desta segunda-feira, 4.

Ele foi vítima de um acidente improvável e inusitado, ocorrido na Fazenda São Judas Tadeu, de propriedade de Arnaldo Buainain, localizada a cerca de 50 quilômetros da cidade de Inocência.

De acordo com informações de pessoas que estavam no local do acidente,  Wilian estava peando (amarrando as patas) uma égua arisca para evitar que ela escapasse, enquanto o garoto Everton estava laçando um bezerro. Como o bezerro escapou, Wilian deixou a égua ainda sem pear e foi dar socorro ao Everton.

Nesse instante, a égua correu arrastando a corda, que fez uma espécie de laço e jogou a motocicleta Honda Bros 150 sobre Wilian e Everton.

O resultado é que Everton ficou com algumas escoriações leves e Wilian teve a nuca atingida pelo guidão da moto, quebrando o seu pescoço e levando-o a óbito cerca de meia hora depois.

Socorrido até o hospital de Inocência, não teve como ser salvo e veio a falecer na tarde desta segunda.

O velório está ocorrendo na Veladoria Municipal de Cassilândia e o sepultamento está marcado para esta terça-feira, 5, às 8h, no Cemitério Valdomiro Pontes.

Montar em animais bravos era uma de suas paixões, além de ser torcedor do Flamengo

O Cassilândia Urgente ouviu também o motorista de transporte escolar, Ivan Gamela, que é amigo da família e responsável por também transportar nos dias de aula o garoto Everton. “O Wilian era um rapaz muito bom e teve uma morte que ninguém poderia esperar ou evitar”, disse, finalizando: “Quem podia imaginar que um simples trabalho de fazenda ia provocar uma morte assim? A gente não sabe nem o que dizer…”

O Cassilândia Urgente ouviu uma tia de Wilian, que informou que ele gostava de montar em touros e vivia da lida de gado em fazenda, sendo um jovem muito trabalhador. Era casado com Carolaine da Cruz Silva e tinha uma filha.

Informamos que cabe à perícia policial desenvolver os devidos procedimentos legais para elucidar o caso sempre tendo como foco a verdade dos fatos.

Da reportagem local e redação 

Matéria atualizada às 23h56 de 04/12/2017

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta