Cassilândia: André será solto hoje

André Guilherme: Dia de paz na fazenda antes da tempestade

Um amigo de André Guilherme chegou a escrever no Facebook que “vamos parar essa Cassilândia véia”, referindo-se ao clima que se criou na cidade com a sua prisão na segunda-feira da semana anterior e ao fato de ser colocado em liberdade nesta terça-feira, 10.

André será libertado hoje graças a um habeas corpus que já está com a defesa, de acordo com informação de um tio do acusado.

O Cassilândia Urgente, em nenhum momento, formou juízo de valor sobre o caso do suposto estupro de uma criança de seis anos, por sinal irmão do acusado.

Apenas com base nos fatos que têm ocorrido na cidade, as constantes manifestações, percebe-se que se trata de um caso que merece maior atenção por parte das autoridades e da própria população.

Um virtual caso de violência familiar, alimentado por muito diz-que-diz, extrapolou ânimos, três carreatas foram feitas, buzinaço, faixas, cartazes e dizeres ecoando a provável inocência do acusado, acabou tendo desdobramentos nunca vistos em Cassilândia, uma cidade pacata, cujo povo não se anima há muito tempo, por exemplo, em comícios de véspera de eleição.

Em Cassilândia é difícil imaginar se fazer uma carreata de políticos. Que dirá três, como ocorreram agora no caso André.

Sabe-se que ele será solto hoje da cadeia e os seus amigos e familiares prometem fazer mais uma grande carreata em Cassilândia.

Esperamos que, por ser um direito, a manifestação seja igualmente pacífica.

Neste momento, o aconselhável é não fazer julgamento precipitado nem emitir juízo de valor tanto em relação ao André Guilherme quanto ao garotinho de apenas seis anos.

Um caso de família que deveria ser de foro íntimo infelizmente veio a público e virou uma grande polêmica.

Isto posto, esperamos que o Estado brasileiro cuide agora da saúde emocional, e, por conseguinte física, dos dois irmãos envolvidos nesse triste episódio. E, concluindo, é o mínimo que se pode esperar das chamadas autoridades competentes. Da Redação do Cassilândia Urgente

Para entender melhor o caso, leia matérias anteriores abaixo.

 

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta