Idoso de 85 anos tem rosto consumido por câncer enquanto espera tratamento

Idoso está desnutrido pois, devido ao ferimento do câncer na bochecha, ele sente dores para comer | Foto: Reprodução/WhatsApp Midiamax

Aguardar pela saúde pública para salvar a vida do avô tem sido uma tortura para Kessya Fernandes Lopes. Isso porquê o avô da jovem, Silvio Fernandes de Menezes, de 85 anos, foi diagnosticado com câncer na bochecha e a doença está consumindo o rosto do idoso.O câncer, apontado como maligno, já corroeu parte da bochecha esquerda de Silvio e, com o ferimento aberto, ele não consegue comer e está ficando desnutrido.

A neta do aposentado disse a reportagem do Jornal Midiamax que a família já pediu um encaminhamento para que ele possa realizar seções de radioterapia, mas devido a desnutrição, eles temem que médicos não autorizem o paciente a passar pelo procedimento devido a fragilidade de Silvio.

“Como ele ia receber um tratamento de radioterapia se até chamar, estaria desnutrido por não estar com sonda e nem recebendo alimentação correta? Ele está com um buraco na boca e sente muita dor ao mastigar. Sai muito sangue”, disse familiar. Kessya afirma que o certo seria o avô estar internado em um hospital, recebendo o tratamento e tendo acompanhamento nutricional para conseguir aguentar a radioterapia.

A família de Silvio entrou com pedido na Defensoria Pública para conseguir uma vaga em hospital, mas o agendamento foi marcado para daqui um mês. Kessya teme que o avô não aguente esperar pelo tratamento e radioterapia.

“Pedimos laudo médico e quadro clínico do paciente, pediram para aguardar 10 dias. Já se passaram 10 dias e agora pediram para esperar mais uma semana. Tentamos entrar com pedido para conseguir tratamento de alimentação nasoenteral, mas mesmo com laudo do nutricionista, foi negado e só libera com ordem judicial. Ele precisa de uma internação com um tratamento de urgência”, disse.

O paciente encontra-se em processo de regulação e está sendo tratado com prioridade pela SESAU. Os encaminhamentos ocorrem de acordo com a disponibilidade de vaga do hospital. Porém, como mencionado, a SESAU está buscando dar maior celeridade no processo, a fim de assegurar a assistência ao paciente e o tratamento necessário. A expectativa é de que até a próxima semana o procedimento seja autorizado, reforçando que existem também outros pacientes incluídos como prioridade“, disse em nota.

Midiamax

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *