Vítimas de latrocínio em sítio eram trabalhadores rurais

Carro da funerária chegando ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Carro da funerária chegando ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Foram identificados como Francisco Bernardo da Silva, 47 anos, e Cícero Manoel da Silva, 49 anos,  os homens encontrados mortos na tarde ontem na (6) na região do assentamento Urucum, em Corumbá. Um suspeito pelo crime foi ouvido e liberado.

Conforme o site Diário Corumbaense, as vítimas moravam e trabalhavam no local, um sítio localizado próximo às margens da BR-262, trecho distante aproximadamente 20 quilômetros da cidade. Os corpos foram encontrados por volta do meio-dia por testemunha que também trabalha na propriedade. Ela relatou à polícia que, na noite de quarta-feira (5) voltou para Corumbá, onde mora, e as duas vítimas ficaram no sítio.

Ao retornar, na tarde de quinta, encontrou os corpos na casa com sinais de arrombamento. Objetos como TV, motosserra, entre outros foram levados. Uma das vítimas foi morta a tiros e estava do lado de fora da residência. O outro homem, foi laçado pelo pescoço e com a mesma corda teve as mãos e pés amarrados. Ele foi deixado preso a um tronco e possivelmente, morreu asfixiado.

Uma das hipóteses investigadas é latrocínio, roubo seguido de morte. A Polícia Civil segue com as investigações e já interrogou um suspeito de envolvimento no crime, de 21 anos. Ele foi ouvido e liberado.Campo Grande News

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *