Horário muda meia-noite e atenção tem de ser redobrada com ajuste no celular

Estudantes devem estar atentos aos horários dos celulares (Foto: Miriam Machado)

Estudantes devem estar atentos aos horários dos celulares (Foto: Miriam Machado)

A partir de meia-noite, na madrugada de sábado (03) para domingo (04), ocorre mais uma mudança nos relógios com o horário de verão. E este ano, quem é estudante, sofre duplamente com o ajuste. No mesmo dia, haverá a primeira prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e todos precisam ficar atentos para não chegar atrasado. A dica é cuidado redobrado com o “ajuste” do horário, principalmente, nos celulares, porque já houve muita confusão em duas datas no mês de outubro.

O Sinditelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móveis Celular e Pessoal), que representa as operadoras de telefonia, garantiu que as empresas já programaram o início do horário de verão em suas redes e serviços e segundo a entidade, a mudança (horário) vai ocorrer na primeira hora de domingo (4), sem nenhum problema.

A partir de meia-noite, na madrugada de sábado (03) para domingo (04), ocorre mais uma mudança nos relógios com o horário de verão. E este ano, quem é estudante, sofre duplamente com o ajuste. No mesmo dia, haverá a primeira prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e todos precisam ficar atentos para não chegar atrasado. A dica é cuidado redobrado com o “ajuste” do horário, principalmente, nos celulares, porque já houve muita confusão em duas datas no mês de outubro.

O Sinditelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móveis Celular e Pessoal), que representa as operadoras de telefonia, garantiu que as empresas já programaram o início do horário de verão em suas redes e serviços e segundo a entidade, a mudança (horário) vai ocorrer na primeira hora de domingo (4), sem nenhum problema.

A dúvida e preocupação das pessoas é porque nos dias 14 e 21 de outubro, houve confusão para muitos usuários, porque alguns celulares adiantaram automaticamente o relógio de seus aparelhos, em uma hora, antes da data oficial do “horário de verão”, gerando problemas e impasses para quem tinha compromissos pela manhã.

Sobre estes impasses, o sindicato garantiu que as mudanças não foram causadas pelas operadoras (telefonia) e sim pela configuração dos aparelhos. Também recomendou que os usuários fiquem “atentos” sobre a função “data e hora” do celular, para que esteja no modo de “busca automática”.

Recomendação – Já o Google fez uma recomendação diferente, propondo que os usuários do sistema “Android”, ajustem manualmente” os seus aparelhos no novo horário de verão, caso tenham um compromisso importante no domingo (04), por exemplo a prova do Enem.

A empresa entende que esta “atualização” é feita de forma automática, mas houve uma decisão do governo que interferiu no sistema. Esta mudança foi definida pelo governo federal, após pedido do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que solicitou o adiamento do “horário de verão” para que não começasse durante o segundo turno das eleições.

“Sabemos que o Android é fundamental e estamos empenhados em torná-lo cada vez mais útil, como ajudando você a encontrar a informação certa no prazo certo”, alertou o Google. Segundo a empresa de dados Kantar, 94,2% dos celulares operam com o Android no Brasil, enquanto que outros 5,4% são do sistema operacional da Apple.

Enem – As provas do Enem vão começar neste domingo (04), no primeiro dia do horário de verão. Em Mato Grosso do Sul, os portões nas escolas e locais de provas estarão abertos a partir das 11h, sendo fechado às 12h. De acordo com a organização, o início das provas será à 12h30, seguindo até às 18h.

O candidato precisa levar uma caneta preta, de material transparente, não podendo ter borracha, corretivo, dispositivos eletrônicos, fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens; impressos e anotações; lápis; lapiseira; livros e manuais.

Os documentos válidos são as carteiras de identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal, assim como carteira de trabalho e previdência social; passaporte; Carteira Nacional de Habilitação, com fotografia e identidade funcional.

Também é aconselhável que os estudantes levem o “Cartão de Inscrição” impresso. No cartão constam o local de prova do estudante, além da opção de língua estrangeira escolhida e, se for o caso, atendimento específico ou especializado solicitado. Campo Grande News 

Compartilhe:
Posted in Horóscopo and tagged .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *