Cassilândia História: Há 37 anos, no dia 19 de dezembro de 1980, Geralda e Cleide morreram na tromba d’água do córrego Cedro

Em dezembro de 1980 uma tromba d’água que ocorreu em Cassilândia atingiu a casa de João Domingos e matou Dona Geralda Teodoro Moreira, esposa do saudoso João Domingos, e sua filha de criação Cleide. Eram três da manhã e as águas do córrego do Cedro invadiram a casa, levando também a ponte da AABB.

O senhor João Domingos estava na residência e conseguiu se salvar. Ele fez de tudo para tentar salvar as duas, com a ajuda de um filho, mas não foi possível.

Antes de morrer, Geralda disse as suas últimas palavras ao marido João Domingos que estranhava o fato: “A Bíblia diz que o mundo iria acabar em fogo e está acabando em água.”

Conseguimos exemplar de jornal da época Correio do Bolsão retratando essa grande tragédia que chocou Cassilândia há exatamente 37 anos. A tragédia aconteceu no dia 19 de dezembro e a matéria foi publicada dias depois com data de 25 de dezembro. Veja.

Jornal da época Correio do Bolsão retratou a morte de Geralda e Cleide

Compartilhe:
Posted in Noticias and tagged .

Deixe uma resposta