Chapadão do Sul: Comerciantes fazem protesto contra onda de assaltos

Comerciantes de Chapadão do Sul estão se organizado para a realização de um protesto contra a falta de segurança na cidade.

Ontem durante o assalto a uma relojoaria em plena luz do dia, que terminou com o seu proprietário baleado, dezenas de proprietários de comércios estiveram no local e protestavam contra a fala de segurança na cidade por parte da polícia militar e da polícia civil.

Um proprietário de um comércio que fica nas proximidades de onde ocorreu o assalto, não poupou críticas principalmente contra a polícia civil. “Nós não vemos nenhum policial civil nas ruas, o carro da Polícia Civil nunca vi ele trafegando nessa avenida, são eles os responsáveis pela investigação para descobrir o paradeiro destes bandidos, mas nada é feito. Parece que trabalham, somente pelo dinheiro, porque quando recebiam por fora, eles estavam sempre na rua, vamos acionar a Associação Comercial e buscar ajuda na capital, junto ao secretário de segurança, temos que fazer alguma coisa, porque do jeito que está não dá mais” afirmou o proprietário da loja, que pediu para não ser identificado com medo de represarias.

Alguns comerciantes da cidade, estão se organizando para que todos fecham as portas por um período determinado, em forma de protesto.

A nossa reportagem procurou o prefeito João Carlos Krug, para falar sobre o problema e ele, nos afirmou que a responsabilidade da segurança na cidade é do Delegado e do Comandante da Policia Militar, a prefeitura tem contribuído com uma ajuda mensal, que é repassada ao Conselho Municipal de Segurança, para ajudar essas duas corporações.

Com relação ao repasse para o Notti, O prefeito disse que o repasse é ilegal, que a própria Secretaria Estadual de Segurança, já se manifestou contrária a este tipo de serviço, uma vez, que pode ser perigoso, pelo fato de se criar uma milícia na cidade.

“Cabe ao delegado e ao comandante da polícia militar dar uma resposta para a sociedade, nossa parte estamos fazendo”

Câmeras de Segurança

O prefeito informou que também já autorizou a fazer a cotação das Câmeras de Segurança, para serem instalada na cidade.

Vale lembrar que na administração passada, os vereadores fizeram a devolução de duodécimo para que o ex-prefeito Luiz Felipe, comprasse as câmeras, mas não foi feita a aquisição. O Correio News

Compartilhe:
Posted in Noticias.

Deixe uma resposta